Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Eleição em Teresópolis é definida por diferença de 22 votos - Jornal Brasil em Folhas
Eleição em Teresópolis é definida por diferença de 22 votos


A eleição para prefeito de Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, foi definida hoje (3) somente quando a última urna foi apurada. Com 36,58% dos votos válidos, Vinicius Claussen (PPS) venceu Dr. Luiz Ribeiro (MDB), que recebeu 36,55%.

Faltando apenas uma urna para o encerramento da apuração, o MDB estava à frente, mas, ao fim da contagem, a coligação do vencedor (PPS-PRB) totalizou 23.500 votos, 22 a mais que o segundo colocado, que obteve 23.478 votos.

O terceiro mais votado foi Petto, do Solidariedade, que recebeu 13,64% dos votos válidos.

A abstenção na votação deste domingo chegou a 34,52% do eleitorado, ou 43.469 pessoas. Entre os que compareceram, 4,3% votaram branco e 17,78% anularam.

A eleição teve ao menos quatro urnas substituídas e quatro incidentes de boca de urna que terminaram com pessoas detidas.

Os cerca de 126 mil eleitores de Teresópolis voltaram às urnas até às 17h de hoje, depois que o prefeito Mário Tricano e seu vice, Darcy Sandro Dias, tiveram seus registros de candidatura das eleições 2016 indeferidos em dezembro daquele ano pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), logo após terem sido diplomados.

Tricano se mantinha no cargo devido a uma liminar do então ministro do TSE Gilmar Mendes, que acabou sendo revogada depois que o prefeito desistiu do processo. A candidatura foi impugnada pelo Ministério Público, sob a justificativa de que Tricano foi condenado em 2008 por abuso de poder econômico.

No estado do Rio de Janeiro, Teresópolis é o único município com eleição suplementar hoje. No dia 24, eleitores de Cabo Frio e Rio das Ostras (RJ) também voltarão às urnas para escolher prefeitos e vice-prefeitos, além dos de Santa Luzia, Itanhomi e Timóteo (MG) e Moju (PA).

Edição: Armando Cardoso

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212