Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jun de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Grupo que monitora abastecimento se reúne no Planalto - Jornal Brasil em Folhas
Grupo que monitora abastecimento se reúne no Planalto


O Grupo de Acompanhamento de Normalização do Abastecimento voltou a se reunir hoje (3) no Palácio do Planalto. O comitê foi criado inicialmente para monitorar a paralisação dos caminhoneiros e a crise de abastecimento no país.

Estiveram presentes o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sérgio Etchegoyen, o chefe do Estado-Maior, almirante Ademir Sobrinho, os secretários executivos da Casa Civil, Daniel Sigelmann, do Ministério dos Transportes, Herbert Drummond, do Ministério da Justiça, Claudenir Brito, e do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix, além do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid. Segundo a assessoria do Planalto, o presidente Michel Temer não participou do encontro, que durou cerca de 40 minutos.

A próxima reunião do grupo está marcada para amanhã (4), às 10h.

Após o fim do movimento dos caminhoneiros, de acordo com balanços dos diversos setores afetados, o abastecimento começa a ser normalizado e as atividades, retomadas.

Para liberar as rodovias e reabastecer o país com os produtos retidos nas estradas, Temer autorizou o emprego das Forças Armadas no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), por meio de decreto. O prazo de vigência termina amanhã.

Em declação na última quinta-feira (31), o presidente Michel Temer, atribiu o fim da greve ao diálogo.
Preços da Petrobras

O movimento dos caminhoneiros, juntamente com a greve temporária dos petroleiros, que durou do dia 29 ao dia 31, colocou em foco o alto preço dos combustíveis e a política de preços da Petrobras, que acompanha a valorização do dólar e o encarecimento do petróleo no mercado internacional. A política, segundo a estatal, foi resposável pela recuperação financeira da Petrobras.

Na sexta-feira (1º) o então presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão. O diretor financeiro da estatal, Ivan Monteiro, ocupará interinamente o cargo.

O ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, disse ontem (2), no Twitter, que a troca de comando na presidência da Petrobras não vai alterar a política preços da empresa.

Texto atualizado às 10h24

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Mais de 400 pessoas recebem atendimentos médicos especializados em ação da Saúde
Gustavo Mendanha prestigia posse da nova diretoria da Fecomércio-GO
Mesmo com redução da Selic, juros do crédito caem em ritmo lento
Cai percentual de estudantes que querem ser professores, diz OCDE
Colombianos vão às urnas para escolher novo presidente
Mega-Sena acumula e pagará R$ 35 milhões; veja as dezenas sorteadas
Pelo grupo do Brasil, Sérvia vence Costa Rica
Justiça Federal aceita 24ª denúncia contra ex-governador Sérgio Cabral

MAIS NOTICIAS

 

Temer: denúncias são tentativas de esquartejamento político e moral
 
 
Morte de Maria Esther repercute no país; Temer divulga mensagem
 
 
PRF apreende 28 quilos de droga em Planaltina no Distrito Federal
 
 
STF mantém contribuição maior de bancos à Previdência
 
 
Brasileiros mostravam-se mais otimistas com o futuro antes da greve
 
 
Uso de bicicleta pode reduzir em R$ 34,4 milhões gastos do SUS em SP

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212