Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ações da Petrobras caem 15% em Nova York após saída de Pedro Parente - Jornal Brasil em Folhas
Ações da Petrobras caem 15% em Nova York após saída de Pedro Parente


As ações da Petrobras fecharam a sexta-feira (1º) em queda de 14,59% na Bolsa de Valores de Nova York. O papel negociado com o código PBR (sigla para Petróleo Brasileiro S.A.) fechou o dia cotado a US$ 10,13.

No fim da manhã, a queda era ainda mais significativa e a ação chegou a ser vendida a US$ 9,40. No decorrer da tarde, o valor mostrou uma tendência de recuperação.

No acumulado de um ano, no entanto, os papéis da companhia acumulam alta de 19,46%. Em 2 de junho do ano passado, a ação ADR (sigla em inglês para recibos de ações de empresas estrangeiras negociadas na bolsa norte-americana) estava cotada a US$ 8,48.

A queda do preço das ações foi influenciada pelo anúncio da demissão do presidente da companhia, Pedro Parente. A notícia da saída do executivo foi publicada por diversos sites de notícias nos Estados Unidos.

Uma publicação da bolsa Nasdaq afirma que as ações a Petrobras “despencaram” depois da repentina renúncia do presidente da estatal. O texto informa que a saída acontece depois da greve de caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel. A reportagem diz ainda que, historicamente, o Brasil manteve uma política de controle de preços rigorosos, que muitas vezes levaram a negociação de produtos abaixo do valor de custo do mercado global, mas que Parente apoiou uma abordagem mais baseada no mercado. O texto conclui que os acionistas temem que a política do governo brasileiro possa, mais uma vez, impedir a Petrobras de maximizar o potencial para gerar receita e lucro.

O jornal The New York Times republicou texto da Agência Reuters em que diz que a renúncia de Parente foi “inesperada”. Afirma também que o substituto Ivan Monteiro estará sob pressão para continuar reduzindo dívidas e promovendo políticas que favoreçam o investimento.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212