Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Aloysio Nunes diz que Venezuela pode ser suspensa da OEA - Jornal Brasil em Folhas
Aloysio Nunes diz que Venezuela pode ser suspensa da OEA


O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, disse hoje (4) que a Venezuela pode ser suspensa da Organização dos Estados Americanos (OEA), se descumprir os princípios baseados no respeito à democracia e à liberdade. Tais princípios estão na carta democrática da organização.

“A Venezuela subscreveu esse compromisso. Ela tem um engajamento. E subscreveu livremente, assim como o Brasil. Então, isso não pode ficar letra morta. Na medida em que a Venezuela descumpre esse compromisso, que é fundamental, não há alternativa a não ser a suspensão”, afirmou.

O chanceler participa da 48ª Assembleia Geral da OEA, em Washington. A suspensão da Venezuela é tema de discussão na sessão que começou hoje e vai até amanhã (5).
Sinalização positiva
O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, participa da abertura do 48º Período Ordinário de Sessões da Assembleia Geral da OEA

O ministro Aloysio Nunes participa da abertura da Assembleia Geral da OEA - Arthur Max/Ministério das Relações Exteriores

Para o ministro, a libertação dos 79 presos políticos da Venezuela diminui a pressão sobre o país na organização, mas não pode ser uma “porta giratória”, ou seja, “um sai da cadeia e outro entra”. Ele se referiu a uma espécie de substituição de nomes entre presos.

O chanceler disse que é necessário acompanhar a evolução d o processo na Venezuela. “Que este seja um movimento que possa indicar realmente uma disposição para o diálogo, e a oposição deve estar atenta a isso”, disse.

Segundo ele, a expectativa é que a “decisão do governo Maduro seja a indicação de uma tendência permanente no rumo da descompressão politica e de um estabelecimento de uma proposta efetiva de boa fé de entendimento para o restabelecimento da democracia”.

Autoritarismo

Aloysio Nunes também criticou a perseguição à oposição no país. “O regime autoritário cria enormes restrições à atuação da oposição, se não fosse isso não seria um regime autoritário”.

Para o chanceler, as características atuais da gestão de Maduro são de um governo que não é democrático. “Os atributos essenciais da democracia como nós entendemos, como é entendido aqui nesta organização, não estão presentes na Venezuela, então esse gesto de libertação é claro que tem que ser interpretado basicamente pelas forças políticas venezuelanas.”
Nicarágua

Também deve ser discutida no encontro a escalada da violência na Nicarágua, em que protestos levaram à morte pelo menos 110 pessoas e feriram mais de mil.

“O que houve na Nicarágua é um passo do governo no sentido de parar com a violência e também buscar um diálogo com a oposição para restabelecimento da paz politica, e nós apoiamos isso”, afirmou Aloysio Nunes .

A OEA tem 34 países-membros, cada um com direito a um voto.

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212