Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Aug de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Comitê Olímpico Brasileiro lança Código de Conduta Ética - Jornal Brasil em Folhas
Comitê Olímpico Brasileiro lança Código de Conduta Ética


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) lançou um Código de Conduta Ética. O documento é lançado após os escândalos envolvendo o ex-técnico da seleção brasileira de ginástica olímpica Fernando de Carvalho Lopes, acusado de abuso sexual contra atletas.

O conjunto de normas disciplina as ações da entidade e dos agentes públicos e privados, condenando o uso da violência em diversos aspectos.

No documento, há um capítulo destinado às punições. O texto menciona atos antiéticos, o conselho de ética e o conselho de administração e indica as penalidades. As punições vão desde advertências, suspensão por cinco anos e multas que variam de R$ 10 mil a R$ 100 mil, além da proibição de acesso aos locais de competição por até 10 anos. A mais grave é o banimento do esporte olímpico.

“É indevida a prática de atos de violência, bem, como a doutrinação, a incitação ou a orientação para a sua realização, no ambiente administrativo, do treinamento e competição ou fora dele”, diz o documento.

O texto é asssinado por Alberto Murray Neto, Guilherme Caputo Bastos, Ney Bello, Sami Arap e Bernardino Santi e pode ser acessado na página online do COB.
Normas

O código define todas as condições em que os atos de violência podem ser identificados, sejam verbais ou escritos, até os praticados por meios eletrônicos ou através de redes sociais. Determina a repressão da violência física e psicológica no esporte e pede para que a competição justa e o espírito esportivo sejam valorizados em todas as ocasiões e suas formas de manifestação, que destaca, são deveres de todos.

“É indevida qualquer metodologia de treinamento que utilize práticas ofensivas - físicas ou psicológicas- atentatórias à dignidade da pessoa humana ou desrespeitosas aos limites normais ou religiosos de natureza individual.”

O código destaca também que “são indevidas as práticas violentas ou vexatórias entre atletas ou entre treinadores e atletas, definidas como trote defendo limitar-se a sadias brincadeiras que contribuem para o ambiente feliz e alegre da pratica esportiva”.

Administração

O texto indica que todos os colaboradores do COB têm o dever de probidade e destaca que os que possuem acesso a recurso financeiros da entidade ou realizem movimentações bancárias pela instituição têm a responsabilidade ética por seus atos ainda que não sejam ilícitos civis ou criminais.

Ainda na determinação de como agir eticamente na área de administração, aponta que “é indevida a aplicação de recursos financeiros oriundos do COB ou por ele intermediado - qualquer que seja a sua origem - em atividades distintas da sua destinação ainda que lícita a atividade.

Para impedir conflitos de interesse, determina que os colaboradores têm que “impedir ações que possam gerar benefícios pessoas ou vantagens indevidas para terceiros”.

Na relação com agentes públicos, o documento salienta que não permite o pagamento de gratificações a esses servidores. “É indevida qualquer tentativa por parte do COB ou de seus poderes de influenciar ato ou decisão do agente público em sua competência ou atribuição, ainda que o seja em, benefício do esporte”.

Edição: Carolina Pimentel

 

Últimas Notícias

Dia D de vacinação contra pólio e sarampo será neste sábado
Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep
Estimativa do mercado financeiro para inflação sobe para 4,15%
Maduro diz que aceita colaboração do FBI, mas impõe condições
Disputa entre EUA e Turquia afeta as bolsas asiáticas
Secretário dos EUA discute com brasileiros defesa na América do Sul
Programa Um Olhar sobre o Mundo entrevista o fotógrafo Paulo Vitale
Após explosão em Ipatinga, sindicato quer mais segurança

MAIS NOTICIAS

 

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep
 
 
Após explosão em Ipatinga, sindicato quer mais segurança
 
 
Jungmann: PF está à disposição para investigar caso Marielle
 
 
Decreto sobre relicitação de concessões deve sair nos próximos dias
 
 
Luiz Fux preside última sessão como ministro do TSE
 
 
Com registro de Amoêdo, já são seis candidatos oficializados no TSE

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212