Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Cidades mineiras registram segunda noite de ataques a ônibus e prédios - Jornal Brasil em Folhas
Cidades mineiras registram segunda noite de ataques a ônibus e prédios


Pelo menos mais 11 veículos, entre carros e ônibus, foram incendiados em, pelo menos, sete cidades de Minas Gerais entre as 18 horas de segunda-feira (4) e a madrugada de hoje (5). No total, 35 veículos foram queimados desde o início da série de ataques criminosos no estado, no último domingo (3), segundo a Polícia Militar.

A PM informou que as ocorrências desta segunda noite de ataques foram registradas nos municípios de Itajubá, Luz, Passos, Tupaciguara, Uberaba, Uberlândia e Varginha. A imprensa local relata que também houve novos casos em Alterosa, Alfenas, Araxá, Machado, Três Pontas, Itajubá e Ipuiuna, mas a PM não confirmou a informação.

Desde o domingo, duas agências bancárias, um caixa eletrônico de autoatendimento, uma delegacia, uma unidade da PM e uma usina de reciclagem também foram alvos de ataques ou ações suspeitas. As autoridades de segurança pública ainda investigam o vínculo entre todas as ocorrências.

Até o momento, não há registros de feridos. Quarenta suspeitos de participar das ações criminosas já foram levados para prestar depoimentos. O governador Fernando Pimentel determinou às forças de segurança pública que priorizem identificar e punir os responsáveis pelos ataques.

As autoridades estaduais procuram manter em segredo os resultados preliminares das investigações, mas, em particular, representantes da PM e da Polícia Civil admitem que uma das hipóteses é de que os ataques sejam comandados por líderes de uma facção criminosa.

Ontem, o porta-voz da PM mineira, major Flávio Santiago, disse que a hipótese de participação de organizações criminosas ganhou força após áudios atribuídos a bandidos serem compartilhados pelas redes sociais. Segundo o porta-voz, a veracidade das mensagens foi descartada pelo serviço de inteligência da corporação, que concluiu que os áudios não tinam conexão com os crimes recentes.

Edição: Talita Cavalcante

 

Últimas Notícias

Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212