Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cidades mineiras registram segunda noite de ataques a ônibus e prédios - Jornal Brasil em Folhas
Cidades mineiras registram segunda noite de ataques a ônibus e prédios


Pelo menos mais 11 veículos, entre carros e ônibus, foram incendiados em, pelo menos, sete cidades de Minas Gerais entre as 18 horas de segunda-feira (4) e a madrugada de hoje (5). No total, 35 veículos foram queimados desde o início da série de ataques criminosos no estado, no último domingo (3), segundo a Polícia Militar.

A PM informou que as ocorrências desta segunda noite de ataques foram registradas nos municípios de Itajubá, Luz, Passos, Tupaciguara, Uberaba, Uberlândia e Varginha. A imprensa local relata que também houve novos casos em Alterosa, Alfenas, Araxá, Machado, Três Pontas, Itajubá e Ipuiuna, mas a PM não confirmou a informação.

Desde o domingo, duas agências bancárias, um caixa eletrônico de autoatendimento, uma delegacia, uma unidade da PM e uma usina de reciclagem também foram alvos de ataques ou ações suspeitas. As autoridades de segurança pública ainda investigam o vínculo entre todas as ocorrências.

Até o momento, não há registros de feridos. Quarenta suspeitos de participar das ações criminosas já foram levados para prestar depoimentos. O governador Fernando Pimentel determinou às forças de segurança pública que priorizem identificar e punir os responsáveis pelos ataques.

As autoridades estaduais procuram manter em segredo os resultados preliminares das investigações, mas, em particular, representantes da PM e da Polícia Civil admitem que uma das hipóteses é de que os ataques sejam comandados por líderes de uma facção criminosa.

Ontem, o porta-voz da PM mineira, major Flávio Santiago, disse que a hipótese de participação de organizações criminosas ganhou força após áudios atribuídos a bandidos serem compartilhados pelas redes sociais. Segundo o porta-voz, a veracidade das mensagens foi descartada pelo serviço de inteligência da corporação, que concluiu que os áudios não tinam conexão com os crimes recentes.

Edição: Talita Cavalcante

 

Últimas Notícias

Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212