Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Pela primeira vez, Espanha terá um governo majoritariamente feminino - Jornal Brasil em Folhas
Pela primeira vez, Espanha terá um governo majoritariamente feminino


Ao apresentar hoje (6) os nomes do novo governo, o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, 46 anos, surpreendeu ao nomear 11 mulheres e seis homens, entre eles um astronauta. Para as principais pastas, foram nomeadas mulheres: Nádia Calviño Santamaría, no Ministério de Economia e Empresa; Margarita Robles Fernández, para a Defesa; e María Jesús Montero Cuadrado, para chefiar a Fazenda.

É a primeira vez que a Espanha terá um governo majoritamente feminino. Socialista e declaradamente ateu, Sánchez inovou desde sua posse na semana passada, quando optou por não fazer o tradicional juramento sobre os símbolos cristãos.

Sánchez se disse comprometido com a igualdade de gênero de maneira inequívoca. “O que inclui mais mulheres do que homens, pela primeira na história de democracia espanhola, com o peso das responsabilidades econômicas sobre as mulheres e coloca as políticas de igualdade como foco da ação de governo”, ressaltou.

Em seguida, o primeiro-ministro sintetizou o que planeja para seu governo: “Ser um fiel reflexo do melhor da sociedade que aspiramos servir, que é paritária, intergeneracional, aberta ao mundo e com apoio de uma União Europeia comprometida socialmente e altamente qualificada.”

Sánchez ressaltou também que vai atuar para fortalecer o bloco econômico, fragilizado com a decisão do Reino Unido de abandonar o grupo.

O novo primeiro-ministro substitui Mariano Rajoy, que deixou o governo sob escândalo de corrupção e após ter o nome aprovado por uma moção de censura. Nesta quarta-feira, Rajoy afirmou que deixará a vida política.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais
BNDES fecha o ano com desembolsos de R$ 71 bilhões

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212