Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Regiões Norte e Centro-Oeste têm os maiores índices de obesidade - Jornal Brasil em Folhas
Regiões Norte e Centro-Oeste têm os maiores índices de obesidade


O índice de obesidade é maior entre as capitais das regiões Norte e Centro-Oeste. Os dados são da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) e foram divulgados hoje (18) pelo Ministério da Saúde.

Na lista do Ministério da Saúde, Manaus aparece como a capital com o maior índice de obesos (23,8%), seguida por Macapá (23,6%), Campo Grande (23,4%), Cuiabá (22,7%), Porto Velho (22,4%) e Recife (21%). A média geral de obesidade entre brasileiros ficou em 18,9%.

Na ponta de baixo do ranking figuram as cidades de Florianópolis (15%), Distrito Federal (15,3%), Teresina (15,7%), Palmas (15,9%) e Belo Horizonte (16,4%).

Já a ocorrência do sobrepeso está mais distribuída entre as regiões. Entre as capitais, o maior índice registrado pelo Ministério da Saúde foi em Campo Grande (59,8%). Em seguida vêm Porto Velho (58,8%), Maceió (58,7%), Manaus (57,6%), Cuiabá (57,4%) e Rio de Janeiro (57%). A média geral entre as capitais pesquisadas foi de 54%.

As capitais com menor ocorrência de sobrepeso são Palmas (46,9%), Distrito Federal (47,6%), Teresina (48,3%), São Luís (49,5%) e Florianópolis (49,8%).

Pesquisa

A Vigitel é realizada com maiores de 18 anos em 26 capitais e nos Distrito Federal. Foram entrevistadas 53 mil pessoas entre fevereiro e dezembro de 2017.Ou seja, o levantamento não registra os hábitos e tendências de pessoas que moram em cidades do interior do Brasil.

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Saúde libera recursos para atender moradores da região de Brumadinho
Justiça determina prisão preventiva de acusado de espancar paisagista
Irmão de mulher espancada diz que ainda está chocado com a violência
Flamengo pede mais prazo para decidir sobre indenização de vítimas
Profissionais que atuaram em Brumadinho serão monitorados
Auditores descobrem 158 Kg de cocaína na fronteira com a Bolívia
Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país
Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212