Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Temer cumprimenta presidente eleito da Colômbia Ivan Duque - Jornal Brasil em Folhas
Temer cumprimenta presidente eleito da Colômbia Ivan Duque


O presidente Michel Temer telefonou nesta segunda-feira (18) ao presidente eleito da Colômbia Iván Duque para cumprimentá-lo pela vitória nas eleições ocorridas ontem (17). Em sua conta pessoal no Twitter, Temer prometeu trabalhar em conjunto com o futuro colega para ampliar a cooperação entre os dois países.

Candidato da direita, o ex-senador colombiano foi eleito em segundo turno com mais de 53% dos votos contra 41% do adversário, o ex-prefeito de Bogotá Gustavo Petro. “Acabo de falar ao telefone com o presidente eleito da Colômbia. Desejei todo o sucesso para seu Governo. Vamos trabalhar juntos pelo continuado estreitamento dos laços de amizade e cooperação que unem brasileiros e colombianos”, escreveu Temer na rede social.

O Ministério das Relações Exteriores também se manifestou sobre as eleições e elogiou a forma “pacífica e ordeira” do pleito. Segundo o Itamaraty, o processo eleitoral concluído ontem “evidencia a vitalidade da democracia colombiana”.

“O governo brasileiro felicita o senhor Iván Duque por sua eleição como presidente da Colômbia e manifesta sua melhor disposição de cooperar ativamente com o futuro mandatário e as autoridades colombianas em benefício do contínuo fortalecimento das relações bilaterais”, disse a pasta, por meio de nota.

Com um discurso contrário ao acordo de paz assinado entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o presidente eleito, de apenas 41 anos, disse que “uma nova geração” está chegando para governar “com todos e para todos”.

Em 2016, sete mil rebeldes aceitaram depor as armas em troca de anistia e do direito de formar um partido político, com oito assentos garantidos no novo Parlamento. As negociações renderam ao atual presidente, Juan Manuel Santos, o Prêmio Nobel da Paz.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212