Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 No Dia Mundial da Água, estudante brasiliense lê redação na Câmara - Jornal Brasil em Folhas
No Dia Mundial da Água, estudante brasiliense lê redação na Câmara


O exemplo de uma iniciativa da mãe levou hoje (21) a estudante Ana Beatriz Sousa de Lucena, de 16 anos, a uma das tribunas do plenário da Câmara dos Deputados. Sua redação sobre o uso da água foi escolhida entre as escritas pelos alunos do 3º ano da escola Rogacionista, no Guará, a pouco mais de 18 quilômetros da região central de Brasília.

“É emocionante estar aqui. Sou filha de uma ex-professora que aplicou medidas de economia de água entre crianças e conseguiu uma economia, na escola, de mais de 500 mil litros por ano. Usei esses dados”, contou.

Na redação, lida em uma sessão solene da Casa para lembrar o Dia Mundial da Água, Ana Beatriz começa o texto lembrando que a água proporcionou a vida no passado e sua falta pode tirar a vida no futuro. “O melhor é ensinar isso para crianças que estão em processo de aprendizado e por isso, se aprendem cedo, podem levar essa cultura para a vida adulta e mudar o mundo em que vivemos”, disse.

Autor do requerimento para que a sessão fosse realizada, o deputado Izalci (PSDB-DF) alertou para as projeções internacionais que mostram que mais de 2 milhões de pessoas podem ter problemas com a escassez de água até 2050. O parlamentar também lembrou que o país tem a maior reserva de água do mundo, “mas o Brasil e os brasileiros sabem disso? Gestores públicos têm consciência dessa responsabilidade? Infelizmente a resposta é não”, afirmou.

Izalci citou o acidente da barragem em Mariana, Minas Gerais, e afirmou que o desastre foi consequência da falta de fiscalização e do “descaso” das autoridades. Segundo ele, o problema é que além da escassez do recurso faltam políticas públicas adequadas e ainda há muito desperdício. “Vamos sair dessa sessão com o compromisso de ensinar nossos filhos sobre a importância da água”, apelou ao plenário, ocupado principalmente por alunos e professores da mesma escola de Ana Beatriz.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212