Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 No Dia Mundial da Água, estudante brasiliense lê redação na Câmara - Jornal Brasil em Folhas
No Dia Mundial da Água, estudante brasiliense lê redação na Câmara


O exemplo de uma iniciativa da mãe levou hoje (21) a estudante Ana Beatriz Sousa de Lucena, de 16 anos, a uma das tribunas do plenário da Câmara dos Deputados. Sua redação sobre o uso da água foi escolhida entre as escritas pelos alunos do 3º ano da escola Rogacionista, no Guará, a pouco mais de 18 quilômetros da região central de Brasília.

“É emocionante estar aqui. Sou filha de uma ex-professora que aplicou medidas de economia de água entre crianças e conseguiu uma economia, na escola, de mais de 500 mil litros por ano. Usei esses dados”, contou.

Na redação, lida em uma sessão solene da Casa para lembrar o Dia Mundial da Água, Ana Beatriz começa o texto lembrando que a água proporcionou a vida no passado e sua falta pode tirar a vida no futuro. “O melhor é ensinar isso para crianças que estão em processo de aprendizado e por isso, se aprendem cedo, podem levar essa cultura para a vida adulta e mudar o mundo em que vivemos”, disse.

Autor do requerimento para que a sessão fosse realizada, o deputado Izalci (PSDB-DF) alertou para as projeções internacionais que mostram que mais de 2 milhões de pessoas podem ter problemas com a escassez de água até 2050. O parlamentar também lembrou que o país tem a maior reserva de água do mundo, “mas o Brasil e os brasileiros sabem disso? Gestores públicos têm consciência dessa responsabilidade? Infelizmente a resposta é não”, afirmou.

Izalci citou o acidente da barragem em Mariana, Minas Gerais, e afirmou que o desastre foi consequência da falta de fiscalização e do “descaso” das autoridades. Segundo ele, o problema é que além da escassez do recurso faltam políticas públicas adequadas e ainda há muito desperdício. “Vamos sair dessa sessão com o compromisso de ensinar nossos filhos sobre a importância da água”, apelou ao plenário, ocupado principalmente por alunos e professores da mesma escola de Ana Beatriz.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212