Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Movimento é menor nas ruas de Brasília em dia de jogo da seleção - Jornal Brasil em Folhas
Movimento é menor nas ruas de Brasília em dia de jogo da seleção


Com o segundo jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia, a movimentação de carros e pessoas no Distrito Federal foi menor na manhã desta sexta-feira (22). Nas seis faixas da pista da Esplanada dos Ministérios, que diariamente têm trânsito intenso pela manhã, poucos carros estão circulando. Os estacionamentos dos ministérios com vagas sobrando e as paradas de ônibus vazias completam o cenário.

As lojas de shopping e o comércio de rua do DF abrirão a partir do meio-dia. O funcionamento do Metrô do Distrito Federal segue sem problemas no horário do jogo do Brasil. Segundo a companhia, os trens vão circular em horário normal, das 6h às 23h20. Ao longo do dia serão entre 15 e 22 trens em circulação, a depender da demanda dos usuários. O horário de pico hoje será na hora no almoço, das 12h às 14h, após o jogo da seleção.

De acordo com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, os servidores federais poderão optar por assistir às partidas fora do órgão público e depois compensarem as horas não trabalhadas, ou continuarem as suas atividades regularmente nas repartições.

Originalmente, os órgãos públicos ficariam fechados durante os jogos do Brasil na Copa. Apenas serviços essenciais continuariam funcionando. Uma portaria do ministério havia regulamentado que nos dias de jogos pela manhã, os servidores começariam a trabalhar a partir das 14h e, no caso das partidas à tarde, o expediente seria encerrado às 13h. As horas não trabalhadas precisariam ser compensadas.

Mas algumas categorias profissionais entraram na Justiça e conseguiram liminares para continuarem trabalhando durante os jogos, sob o argumento de que a compensação das horas não trabalhadas prejudicaria a rotina de alguns servidores. Os servidores passaram, então, a ter essa opção de continuar as atividades nas repartições. Os horários de dispensa para os que querem assistir aos jogos não foram alterados.

Edição: Maria Claudia

 

Últimas Notícias

Furto de combustível causou explosão que matou ao menos 66 pessoas
Sobe para 399 número de presos por ataques no Ceará
Migrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo já são 114
Aniversário de São Paulo terá programação com diversidade de ritmos
Mais de 600 pessoas levavam gasolina na hora da explosão de oleoduto
Pré-carnaval movimenta foliões nas ruas do Rio
Brasil expressa condolências às famílias das vítimas no México
Marcha das Mulheres reúne milhares pelo mundo

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212