Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Panamá é goleado pela Inglaterra, mas festeja primeiro gol em Copas - Jornal Brasil em Folhas
Panamá é goleado pela Inglaterra, mas festeja primeiro gol em Copas


O nome de Felipe Baloy jamais será esquecido na história do futebol panamenho. Foi do zagueiro reserva a honra de marcar o primeiro gol do país em Copas do Mundo. Ele entrou em campo aos 23 minutos do segundo tempo contra a Inglaterra para fazer a alegria da torcida. Ao final da partida, Baloy foi o mais abraçado pelo time. E pouco importava que a Inglaterra tivesse marcado seis gols antes desse. Foi um final onde todos na arquibancada, independente do resultado, saíram satisfeitos.

Do outro lado da história, a Inglaterra jogou sem dificuldades, contra um time que deu espaços. O Panamá mudou a forma de jogar em relação à partida contra a Bélgica, quando se fechou toda na defesa, e tentou avançar mais ao ataque. Com isso, foi fácil para os ingleses golearem. O 6x1 de hoje foi a maior goleada registrada até agora neste mundial

O inglês Harry Kane é o artilheiro da Copa até o momento, com cinco gols. Dos três gols que o centroavante inglês marcou hoje, dois foram em cobranças de pênalti e um foi desviando, ainda que sem querer, um chute do meio-campista Loftus-Cheek.

O jogo

A rede começou a balançar cedo em Nizhny Novgorod. Aos 8 minutos, Stones aproveitou a cobrança de escanteio e abriu o placar. Aos 21, Harry Kane marcou de pênalti após Lingard ser derrubado na área.
Nizhny Novgorod (Russian Federation), 24/06/2018.- Jose Luis Rodriguez (C) of Panama in action during the FIFA World Cup 2018 group G preliminary round soccer match between England and Panama in Nizhny Novgorod, Russia, 24 June 2018.

Inglaterra e Panamá se enfrentaram em Nizhny Novgorod . - FRANCK ROBICHON / EFE / direitos reservados

A Inglaterra jogava com facilidade. Não precisava forçar muito para ameaçar o gol de Penedo. E foi com relativa naturalidade que o terceiro gol veio. Lingard recebeu perto na área e acertou um chute perfeito, sem chances de defesa.

A goleada se materializou aos 39 minutos, novamente com o zagueiro Stones. O quarto gol saiu após uma jogada ensaiada, com a participação de Henderson, Kane e Sterling, que finalizou para a boa defesa de Penedo. Mas o zagueiro inglês pegou o rebote para marcar seu segundo gol no jogo.

O árbitro marcou mais um pênalti aos 45 minutos, após Stones ter sido agarrado na área. Kane fez uma repetição idêntica da primeira cobrança. Forte, no canto superior direito do goleiro. E o primeiro tempo terminou com 5 x 0 no placar.

Segundo tempo

Aos 16 minutos, veio o sexto gol. Loftus-Cheek chutou de longe, sem muito perigo, mas a bola desviou em Harry Kane no caminho e enganou o goleiro Penedo. Os panamenhos reclamaram de impedimento na jogada, mas nem o árbitro em campo nem o árbitro de vídeo anularam o gol.

Aos 20 minutos, a grande chance do Panamá fazer seu primeiro gol em uma Copa do Mundo. Murillo recebeu na área em velocidade e tentou tocar por cima de Pickford, mas o goleiro conseguiu desviar.

Aos 29, por uma questão de centímetros Torres não entrou para a história do futebol panamenho como o autor do primeiro gol do país em Copas. Após o cruzamento na área inglesa, o zagueiro concluiu para o gol, a bola passou perto da trave direita de Pickford, mas foi para fora. Era a segunda grande chance do Panamá marcar seu gol, que viria em seguida.

A glória foi para Baloy: aos 32 minutos, o zagueiro aproveitou a falta cobrada dentro da área inglesa e se esticou todo para tocar para o gol. As arquibancadas imediatamente viraram uma festa caribenha. Parecia o gol da vitória, embora fosse apenas o gol de honra.

Com o resultado, Inglaterra e Bélgica estão classificadas para a segunda fase da Copa do Mundo, e se enfrentam para definir quem será o primeiro colocado do grupo. Tunísia e Panamá jogam para cumprir tabela, mas também por resultados históricos. O Panamá pode conquistar sua primeira vitória na história das Copas e a Tunísia quer voltar a vencer no torneio. A primeira e única vitória dos africanos foi na Copa de 1978, contra o México.

Edição: Amanda Cieglinski

 

Últimas Notícias

Furto de combustível causou explosão que matou ao menos 66 pessoas
Sobe para 399 número de presos por ataques no Ceará
Migrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo já são 114
Aniversário de São Paulo terá programação com diversidade de ritmos
Mais de 600 pessoas levavam gasolina na hora da explosão de oleoduto
Pré-carnaval movimenta foliões nas ruas do Rio
Brasil expressa condolências às famílias das vítimas no México
Marcha das Mulheres reúne milhares pelo mundo

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212