Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Anatel reforça distribuição de kits de TV digital em sete capitais - Jornal Brasil em Folhas
Anatel reforça distribuição de kits de TV digital em sete capitais


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou hoje (28) que reforçará, nos próximos dias, a distribuição de kits de TV aberta digital em Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Macapá, Palmas, Porto Velho e Rio Branco. A medida foi determinada em virtude da descontinuidade do sinal analógico nesses locais, marcada para 14 de agosto.

Segundo o presidente da Anatel, Juarez Quadros, embora ainda restem cerca de 45 dias até o corte da transmissão analógica, os moradores das sete capitais deverão providenciar o conversor de sinal o quanto antes. O aparelho, explicou Quadros, é necessário para sintonizar o sinal digital em televisores mais antigos, vulgarmente conhecidos como TVs de tubo, e os de tela plana fabricados até 2009. No caso de uso de antenas parabólicas ou recepção por TV por assinatura, o uso do kit é dispensável.

Famílias de baixa renda, como aquelas inscritas no Cadastro Único, podem obter gratuitamente o conjunto de equipamentos, composto por antena, conversor de sinal e controle remoto. Para saber se tem direito a receber o kit, sem custo, e para fazer o agendamento de retirada do aparelho, o cidadão pode acessar o site Seja Digital, ou ligar para 147.

De acordo com o presidente da Anatal, até o momento, já foram entregues 340 mil kits nesses sete estados, o que corresponde a dois terços do total.

Além de garantir maior qualidade de imagem e som, o conversor também refina o sinal da internet móvel. De acordo com a Anatel, a digitalização da TV aberta permite que a faixa de 700 Mega-Hertz (MHz) fique disponível para o uso da banda larga acessada via telefone celular, otimizando a velocidade de transmissão de dados. Em alguns casos, o fluxo chega a triplicar, atingindo uma média de 45 Megabits por segundo.

No caso específico dessas sete capitais, a frequência de 700 MHz já está liberada, e as empresas já estão, inclusive, com os trabalhos de adaptação de tecnologia 4G, disse Quadros, acrescentando que, atualmente, do total de celulares em operação no Brasil, 80% são smartphones.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212