Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fair-play classifica Japão para as oitavas de final da Copa - Jornal Brasil em Folhas
Fair-play classifica Japão para as oitavas de final da Copa


Pela primeira vez na Copa do Mundo, uma seleção passa para outra fase da competição pelo critério do fair-play. O Japão, mesmo perdendo para a Polônia por 1 a 0, foi beneficiado pela derrota do Senegal para Colômbia também por 1 a 0. O resultado classificou os colombianos, em primeiro lugar no Grupo H, e deixou japoneses e senegaleses iguais em número de pontos ganhos e de saldo de gol.

A decisão para saber então quem passaria para as oitavas de final, como segundo do grupo, foi o critério do fair-play. Com dois cartões amarelos a menos que Senegal, a classificação ficou com o Japão por ser a equipe mais disciplinada.

O primeiro tempo do jogo entre o Japão e a Polônia, na Arena Volgogrado, em Volgogrado, foi marcado por um jogo concentrado no meio de campo e muitas faltas. Mas esta postura defensiva das duas seleções não impediu a procura pelo gol. Tanto japoneses quanto poloneses tiveram chances de marcar.

Coube ao Japão a primeira tentativa de gol. Ela ocorreu aos 12 minutos, quando Nagatomo avançou pelo lado esquerdo do campo e cruzou a bola para Okazaki, que cabeceia com perigo para a meta defendida por Fabianski, a bola desvia na zaga polonesa e sai pela linha de fundo.

Passados 20 minutos, pouca coisa mudou. As duas seleções permaneciam com a maior parte de seus jogadores se movimentando pela região central do gramado. A briga pela bola acabava sempre em faltas cometidas pelas duas equipes. Com as defesas muito fechadas, a principal jogada era a bola alçada sobre a área.

Foi nesse ritmo de jogo, que o árbitro Janny Sikazwe, do Zâmbia, apitou o fim do primeiro tempo, aos 46 minutos.

Segundo tempo

O jogo no começo do segundo tempo mostrou uma Polônia mais ofensiva e um Japão ainda mais atrás, procurando segurar o empate sem gol que lhe garantiria a classificação. Mais perigosa em campo, a seleção polonesa teve várias chances de marcar, mas errava no último passe. A ousadia de buscar mais o ataque acabou premiando a Polônia que fez 1 a 0, aos 14 minutos, com Bednarek.

A partir do gol polonês, os japoneses avançaram um pouco as suas linhas para buscar o empate. O jogo ficou mais aberto, com várias oportunidades de gol para as duas equipes.

A partida prosseguiu nesse ritmo até o fim. Quando o árbitro apitou término do jogo, os jogadores japoneses permaneceram no gramado aguardando o fim do outro jogo do grupo, vencido pela Colômbia por 1 a 0 sobre o Senegal.

Edição: Aécio Amado

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212