Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Espaço Cultural Renato Russo reabre depois de cinco anos fechado - Jornal Brasil em Folhas
Espaço Cultural Renato Russo reabre depois de cinco anos fechado


Depois de cinco anos fechado, o Espaço Cultural Renato Russo, um dos ambientes culturais mais importantes de Brasília, foi reinaugurado hoje (30). O espaço começou sua história na década de 70 e representa papel de destaque na formação de vários artistas e no desenvolvimento da cena cultural de Brasília.

A reinauguração do espaço foi marcada pela manifestação de grupos de teatro, grafite, abertura de exposições de arte e pela confraternização de antigos e novos artistas do teatro, música, grafite, cinema e circo. A programação deste sábado conta ainda com a apresentação de cantores, como Ellen Oléria.

A mãe do cantor e compositor brasiliense que nomeia o espaço participou da reinauguração e exaltou a iniciativa de reativar um espaço simbólico para todas as formas de arte da capital. “É um sonho realizado, porque um país sem cultura é difícil. Este espaço representa uma casa de cultura onde todas as tribos se encontram. A reinauguração é um orgulho pra nós da cidade”, disse Carminha Manfredini, mãe de Renato Russo.
Após passar por reforma, o Espaço Cultural Renato Russo – 508 Sul, foi reaberto neste sábado (30)

O ator, músico e artista plástico Renato Matos, que se apresentou várias vezes no espaço ainda na década de 70, também comemorou a reabertura - Valter Campanato/Agência Brasil

O ator, músico e artista plástico Renato Matos, que se apresentou várias vezes no espaço ainda na década de 70, também comemorou o que considera “a ressurreição” do espaço. “Nós antes usávamos muito este espaço. Nós criamos o centro de criatividade aqui na década de 70. É como se eu estive renascendo”, comentou Matos.

“Este é um espaço muito importante para a juventude brasiliense e um espaço carregado de tradição, de história. Ele nasceu em 1974 e influenciou a vida de várias gerações de artistas e do público. Estava fazendo muita falta, uma vez que estamos com muita carência de espaços culturais”, disse o Secretário de Cultura do Distrito Federal, Guilherme Reis.

Segundo a direção do Espaço Cultural, a revitalização não mudou a estrutura original do prédio, mas melhorou a forma de acesso a todas as áreas e a iluminação, som, entre outros equipamentos disponíveis nas salas de apresentação. “O espaço mantém a sua característica inicial e a principal diferença é que todos os espaços estão equipados e com acessibilidade. Continuaremos com programação, cursos, oficinas, experimentação, pesquisa, com jovens e idosos. O espaço é aberto para todos”, disse Johane Madsen, diretora do Espaço.

Reforma

Situado na w3 Sul, uma das principais vias da área central de Brasília, o espaço Cultural Renato Russo foi fechado há cinco anos para adequar sua estrutura às atividades culturais e melhorar a acessibilidade ao público. A obra que renovou todo o espaço custou R$ 6,2 milhões. Para manter a programação nos próximos 12 meses, o governo do Distrito Federal liberou R$ 800 mil e firmou parcerias com organizações da sociedade civil.

O local dispõe de um teatro galpão, uma sala multiuso para dança e teatro e uma sala de cineteatro, além de duas galerias de arte e uma biblioteca. As obras da área administrativa e de uma das galerias de arte ainda estão sendo finalizadas.

As atividades culturais do espaço serão diárias. A partir da próxima semana, o público também poderá ter acesso à programação do cinema. A estreia da sala de cinema será neste domingo, as 16h, com a exibição do filme Rock Brasília, seguida de debate com o diretor Vladimir Carvalho.

A abertura do espaço logo chamou a atenção dos moradores das imediações. “Eu sempre passava e via aqui abandonado, aí eu vi que estava reinaugurando e resolvi entrar. Achei legal a iniciativa de reestruturar um espaço desse pra dar valor a nossa cultura”, comentou Pedro Henrique Gonçalves, estudante brasiliense de 18 anos.

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, também participou da reinauguração do Espaço. A expectativa do governo é que outros espaços culturais do DF que se encontram fechados possam ser reativados ainda este ano, como o Museu de Arte de Brasília e o Teatro Nacional. O governador informou ainda que nos próximos 45 dias outros dois novos complexos culturais devem ser abertos nas áreas periféricas de Brasília.

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212