Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Drama de ilegais na América do Norte será tema de reunião em Chicago - Jornal Brasil em Folhas
Drama de ilegais na América do Norte será tema de reunião em Chicago


A situação de pelo menos 58 crianças e adolescentes filhos de imigrantes ilegais brasileiros, separados dos pais nos Estados Unidos (EUA), vai reunir 14 cônsules do Brasil, em Chicago (EUA), nos dias 6 e 7. O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, coordenará a reunião com os cônsules brasileiros nos EUA, México e Canadá em busca de soluções para o impasse.

Com a disposição de discutir as dificuldades que envolvem o intenso fluxo migratório em torno dos três países, o chanceler viaja na próxima quarta-feira (4). A agenda ainda está em fase de organização. Por enquanto, não há previsão de reuniões com os parentes dos imigrantes ilegais nem com autoridades norte-americanas.

Do lado brasileiro, a tensão em torno dos imigrantes ilegais deve ser discutida em pelo menos quatro etapas: uma com os 10 cônsules do Brasil nos Estados Unidos, outra com os três do Canadá e uma terceira com o único que está no México. Por fim, o tema vai ser tratado de forma geral.

Retorno

No último dia 26, o presidente Michel Temer se reuniu com o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence. No encontro, Temer se colocou à disposição para buscar as crianças brasileiras separadas dos pais para trazê-las ao Brasil. No entanto, as autoridades brasileiras informaram que é preciso respeitar o desejo de cada um dos que foram para os Estados Unidos e verificar se querem retornar.

Internamente, Aloysio Nunes e as autoridades brasileiras consideram cruel a decisão de Trump de separar filhos dos imigrantes ilegais. O governo brasileiro tem recomendado aos que sonham em deixar o país sem os documentos e autorização necessárias que não o façam.
Histórico

O levantamento, divulgado hoje (29) pelo Ministério das Relações Exteriores, aponta que há 58 crianças brasileiras separadas dos pais em abrigos dos Estados Unidos, principalmente nas regiões de Illinois, Chicago e Tuckson. No total, são mais de 2 mil crianças e adolescentes vivendo longe das famílias consideradas imigrantes ilegais no país.

Desde maio, a política do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de tolerância zero com a imigração ilegal, levou à separação de mais de 2 mil crianças de suas famílias ao cruzar ilegalmente a fronteira entre México e Estados Unidos.

Após pressão doméstica e internacional, Trump assinou decreto prometendo o fim da separação das famílias. Porém, a decisão só se aplicará aos novos casos.

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212