Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Espanha e Rússia vão empatando em Moscou - Jornal Brasil em Folhas
Espanha e Rússia vão empatando em Moscou


Espanha e Rússia vão empatando em 1 a 1 em Moscou. O jogo começou no Estádio Luzhnik, com a seleção espanhola no seu estilo de jogo de pressionar a saída de bola do time adversário. A maioria dos jogadores espanhóis ficou grande parte do primeiro tempo posicionada no campo russo. Apesar da posição mais ofensiva da Espanha, foram os russos que chegaram primeiro ao gol espanhol, com uma jogada de Golovin pela direita.

Com os seus jogadores todos atrás, a Rússia buscou sempre as jogadas de contra-ataque, tendo sucesso em algumas delas, mas o último passe era sempre interceptado pela defesa da Espanha. Mas, aos 11 minutos, numa falta cobrada pela direita a bola bateu no zagueiro Ignashevich e entrou no gol de Akinfeev, fazendo 1 a 0 para a equipe espanhola.

O gol mudou um pouco o ritmo do jogo, com a Espanha tocando mais a bola no meio de campo, esperando uma brecha na defesa russa que, mesmo com um gol atrás, manteve o estilo defensivo. Com algumas jogadas pontuais pelo lado direito, em lances feitos pelo brasileiro naturalizado russo, Mário Fernandes, a Rússia chegava a oferecer perigo ao goleiro De Gea.

Dos 20 aos 30 minutos do primeiro tempo, o panorama do jogo permaneceu o mesmo: Espanha tocando a bola no meio de campo e a Rússia esperando um erro para sair em contra-ataque, sempre pelo lado direito. A esta altura, os espanhóis pareciam acomodados com o resultado de 1 a 0 e pouco atacavam.

Aos 35 minutos, quase que a Rússia empatou com Golovin, numa jogada errada da defesa da Espanha pela esquerda do ataque russo. O meia avançou bateu colocado com perigo para o gol de De Gea. De tanto tentar, a seleção russa consegue um pênalti, aos 40 minutos, em um cruzamento na área a bola bateu no braço de Piqué. Dzyuba cobrou no canto esquerdo de De Gea e empatou a partida.

Com o empate, a Espanha abandonou o toque de bola no meio de campo e passou a atacar mais. Aos 46 minutos chegou a ter uma chance de fazer 2 a 1 com Diego Costa, mas a bola passou perigosamente na frente da meta defendida por Akinfeev. Logo depois o árbitro holandês Bjorn Kuipers apitou o fim do primeiro tempo.

Edição: Aécio Amado

 

Últimas Notícias

Furto de combustível causou explosão que matou ao menos 66 pessoas
Sobe para 399 número de presos por ataques no Ceará
Migrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo já são 114
Aniversário de São Paulo terá programação com diversidade de ritmos
Mais de 600 pessoas levavam gasolina na hora da explosão de oleoduto
Pré-carnaval movimenta foliões nas ruas do Rio
Brasil expressa condolências às famílias das vítimas no México
Marcha das Mulheres reúne milhares pelo mundo

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212