Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Espanha enfrenta a Rússia com Asensio no lugar de Iniesta - Jornal Brasil em Folhas
Espanha enfrenta a Rússia com Asensio no lugar de Iniesta


As seleções da Espanha e da Rússia jogam neste momento no Estádio Luzhniki, em Moscou. A partida vale a classificação para as quartas de final da Copa do Mundo. A grande surpresa na equipe espanhola é a ausência de Andres Iniesta, que começa o jogo no banco de reserva. Em seu lugar, o treinador Fernando Hierro colocou Marco Asensio.

Os russos também fizeram uma mudança que também surpreendeu: o técnico Stanislav Cherchesov colocou na reserva o meia Denis Cheryshev, autor de dois gols na partida de abertura da Copa, quando a seleção anfitriã goleou a Arábia Saudita por 5 a 0. A Rússia venceu duas partidas na fase de grupo, além da Arábia Saudita, derrotou o Egito por 3 a 1. A única derrota foi contra o Uruguai por 3 a 0.

A Espanha, por sua vez, tenta superar o trauma da Copa de 2014, no Brasil, quando foi eliminada ainda na primeira fase. Hierro quer a sua equipe mais objetiva em campo, pressionando os russos o tempo todo e buscando as jogadas pelos lados, uma das características de jogo do meia Asensio.

A seleção russa, do técnico Stanislav Cherchesov, tem também a proposta de pressionar os espanhóis no seu campo, principalmente com uma marcação forte meio de campo. O treinador, ao tirar o meia Cheryshev, colocando em seu lugar o zagueiro Cheryshev, arma o time com uma proposta de impedir as jogadas pelos lados da equipe espanhola.

Fernando Hierro escalou a Espanha com: De Gea, Carvajal, Piqué, Sergio Ramos e Jordi Alba; Busquets, Thiago Alcântara, Asensio, David Silva e Isco; e Diego Costa.

Cherchesov montou o seu time com: Akinfeev, Mario Fernandes, Ilya Kutepov, Sergei Ignashevich, Kudryashov e Yuri Zhirkov; Roman Zobnin, Gazinskiy, Samedov, Golovin e Dzyuba.

Apita a partida o holandês Bjorn Kuipers, auxiliado pelos compatriotas Clement Turpin e Sander Van Roekel.

Edição: Aécio Amado

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212