Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Irã estuda alternativas para escapar de sanções dos EUA - Jornal Brasil em Folhas
Irã estuda alternativas para escapar de sanções dos EUA


Na tentativa de escapar das sanções comerciais e econômicas ao Irã pelo governo norte-americano, o primeiro vice-presidente iraniano, Eshaq Jahangiri, afirmou que o governo estuda promover exportações de petróleo pelo setor privado. A proposta analisada inclui oferecer o produto bruto para o mercado acionário doméstico, permitindo que o setor compre e exporte petróleo de forma transparente.

No começo de maio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou o fim do acordo nuclear com o Irã, negociado pelo antecessor Barack Obama. A partir de então, avisou que iria impor uma série de sanções aos iranianos, além das exportações de petróleo.

O conjunto de medidas envolve limites para a compra de dólares norte-americanos, negociações prévias de metal, alumínio, aço e carvão e no setor automotivo. Também há restrições para as aeronaves comerciais de passageiros, peças e serviços e licenças gerais e autorizações relacionadas a exportações do setor aéreo.

Ontem (30), o ministro do Petróleo do Irã, Bijan Zanganeh, disse que há um plano em desenvolvimento para tornar o país imune das sanções norte-americanas.

De acordo com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), o Irã é o terceiro maior produtor do mundo, com produção de aproximada 3,8 milhões de barris por dia. China, Índia, Japão e Coreia do Sul são os principais importadores do produto do Irã.

*Com informações da PressTV, emissora pública de televisão do Irã.

Edição: Armando Cardoso

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212