Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Prefeito de Toronto notório por admitir uso de crack morre de câncer aos 46 anos - Jornal Brasil em Folhas
Prefeito de Toronto notório por admitir uso de crack morre de câncer aos 46 anos


O ex-prefeito de Toronto Rob Ford, cujos tumultuados quatro anos como líder da maior cidade do Canadá incluiu a admissão de que fumava crack e uma história de comportamento errático, morreu nesta terça-feira, depois de uma luta contra o câncer.

Ford, de 46 anos, atuava como vereador da cidade e se tratava contra uma forma agressiva de câncer, que voltava apesar de cirurgia e diversos ciclos de quimioterapia. A morte foi anunciada pelo gabinete dele.

O homem que substituiu Ford como prefeito, John Tory, ofereceu os seus pêsames, chamando Ford de “um homem que dizia o que pensava e que concorreu ao cargo por causa das convicções profundas que tinha”.

Ford, casado e pai de duas crianças, foi diagnosticado com um câncer raro e difícil de tratar em setembro de 2014, depois de ser hospitalizado com uma dor abdominal. Ele se retirou da campanha para a reeleição como prefeito quando o câncer foi descoberto e se elegeu, então, como vereador.

O diagnóstico de câncer se deu depois que Ford havia se tornado notícia internacional por causa do seu comportamento pouco comum. Durante o mandato como prefeito, ele admitiu fumar crack, comprar drogas ilegais e dirigir depois de beber álcool.

Vários vídeos apareceram em que ele estava bêbado e se comportando de forma errática, falando obscenidades, lançando ofensas raciais ou ameaçando violência.

Ainda assim, Ford rechaçou os pedidos para que renunciasse e, em vez disso, buscou uma clínica de reabilitação em maio de 2014, após admitir que o seu uso de álcool estava fora de controle. Ele reapareceu dois meses depois, aparentando estar mais saudável, mas ainda obeso e se dizendo arrependido de não ter procurado a reabilitação anos antes.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212