Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo aprova Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas - Jornal Brasil em Folhas
Governo aprova Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas


O governo aprovou o 3º Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, em decreto publicado hoje (4) no Diário Oficial da União. O plano reúne um conjunto de eixos e medidas para combater essa prática, responsabilizar culpados e dar assistência às vítimas pelos próximos quatro anos, bem como fortalecer a atuação das instituições envolvidas na repressão, incluindo governos, parlamentos e tribunais nos âmbitos federal, estadual e municipal.

O documento recomenda o estabelecimento de parceria com redes internacionais para facilitar as investigações, a busca e o resgate de brasileiros objeto de tráfico em outros países. Destaca a necessidade de fortalecer as embaixadas e consulados como pontos de acolhimento de vítimas.

Em casos dentro do país, o plano aponta a importância de qualificar a rede de atendimento às vítimas, humanizando o tratamento, respeitando especificidades de gênero e orientação sexual, bem como com cuidado ao lidar com crianças e adolescentes.

Para além da assistência, o plano trabalha também a reinserção das pessoas resgatadas na sociedade. Entre as medidas listadas, estão também a inclusão de vítimas ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego do Ministério da Educação. Como forma de prevenção, sugere projetos de inclusão de pessoas mais vulneráveis de serem alvo de traficantes em escolas e programas de acesso ao emprego.

Repressão

O plano prevê um apoio às polícias e outros órgãos de segurança pública para a realização de ações de combate à prática. Lista a necessidade de fortalecer as equipes responsáveis por esse tipo de investigação com especialistas em crimes virtuais. Também recomenda a inclusão do problema como um dos objetos de averiguação de fiscais do Ministério do Trabalho.

O documento indica o estudo de formas de sanção a estabelecimentos envolvidos em casos comprovados, como o cancelamento da autorização ou medidas administrativas se as organizações forem financiadas com recursos públicos.
Formação

Entre as medidas estão cursos e atividades de formação para os servidores e agentes envolvidos nas ações contra o tráfico de pessoas. Também estão previstas a elaboração e a difusão de material sobre o tema, incluindo também conteúdos sobre migrações e refúgio, que deverão ser disponibilizados também a escolas e professores por meio de uma plataforma digital.

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212