Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo anuncia mais R$ 4 bilhões de recursos para o Plano Progredir - Jornal Brasil em Folhas
Governo anuncia mais R$ 4 bilhões de recursos para o Plano Progredir


O governo federal anunciou hoje (5) a liberação de mais R$ 4 bilhões para o microcrédito do Plano Progredir, voltado aos beneficiários do Bolsa Família e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), os recursos poderão ser usados nos próximos 12 meses e serão operados pelos principais bancos do país.

De acordo com o MDS, a primeira liberação de microcrédito do Progredir foi em setembro do ano passado, com a meta de disponibilizar R$ 3 bilhões para contratação em um ano.

O ministério informou que, em 10 meses, foram concedidos R$ 3,35 bilhões para mais de 1,1 milhão de pessoas do Cadastro Único. Desse total, mais de 760 mil são beneficiárias do Bolsa Família. O valor médio de cada operação é R$ 2,9 mil e o limite de empréstimo na modalidade é de R$ 15 mil.

O Plano Progredir reúne ações de qualificação profissional, incentivo ao empreendedorismo e acesso ao mercado de trabalho.

Inclusão social

Em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer destacou que o Plano Progredir é importante para a inclusão social de 1,1 milhão de pessoas beneficiárias do Bolsa Família e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais. “A inclusão social não se dá por meio de um mero programa assistencialista, mas dá-se, isto sim, pela forma de fazer com que a pessoa progrida”, afirmou Temer. Para o presidente, a “simples assistência social imobiliza os indivíduos”.

O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, disse que as políticas sociais devem promover a emancipação das famílias mais carentes. “O Progredir é voltado a promover a autonomia das pessoas”, disse o ministro. “Esses 1,1 milhão de pessoas estão mudando suas vidas, seu patamar de renda”.

Segundo Beltrame, assistência técnica, cursos profissionalizantes e de educação financeira voltados para os tomadores dos empréstimos são essenciais para ajudá-los no sucesso dos pequenos negócios.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212