Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jul de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Vendas de veículos cresceram 3,6% em junho - Jornal Brasil em Folhas
Vendas de veículos cresceram 3,6% em junho


A comercialização de veículos novos no país em junho foi de 201.982 unidades, crescimento de 3,6% na comparação com junho do ano passado, conforme divulgado hoje (6), pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). As vendas ficaram estáveis se comparadas com maio desse ano. No acumulado de janeiro a junho, em relação ao mesmo período do ano passado, a alta foi de 14,4%.

Para suprir as necessidades de recomposição do estoque, desfalcado em razão da greve dos caminhoneiros, a produção de veículos foi acelerada. “As empresas trabalharam para a recuperação e preparação dos estoques para os meses de julho e agosto”, disse Antonio Carlos Botelho Megale, presidente da entidade.

Foram produzidas, em junho, 256.305 unidades, alta de 20,7% em relação a maio. Na comparação com junho do ano passado, houve crescimento de 21,1%. No acumulado de janeiro a junho, a alta foi de 13,6% em relação ao mesmo período de 2017.

As exportações aumentaram 6,8% em junho, na comparação com maio. Em relação a junho de 2017, houve queda de 4,4%. No período de janeiro a junho, foi observada alta de 0,5%. Em valores, as exportações apresentaram queda de 1,2% no mês passado, na comparação com maio. Em relação a junho do ano passado, houve elevação de 4%. No acumulado desde o início do ano até junho, foi registrado alta de 16,7% em relação a igual período de 2017.

Projeções

A Anfavea revisou as projeções de resultados para o final do ano. Segundo Megale, a greve dos caminhoneiros afetou negativamente a confiança dos consumidores e empresários. Por isso, a projeção de vendas foi mantida em 11,7%, apesar da expectativa que vinha desde o início do ano de um possível aumento para 20%.

“O [resultado de] 11,7% não é desprezível, está acima dos 9% do ano passado, o que já mostra recuperação”, disse. “Eu já tinha avisado que o segundo semestre seria menor. Entretanto, a greve dos caminhoneiros mexeu com a confiança. Por uma questão de prudência, a gente manteve a mesma projeção”, disse.

A projeção para vendas de veículos, no entanto, foi reduzida. Em janeiro, a Anfavea esperava aumento de 13,2%, índice que foi revisto para 11,9%. As exportações, cuja expectativa era de aumento de 4,5%, deve se manter estáveis, segundo a nova projeção da entidade.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Valor corrigido da cota do PIS/Pasep já pode ser conferido
Preço da cesta básica paulistana tem alta de 2,95% em junho
Banco Central divulga ranking de queixas a bancos no segundo trimestre
Embraer anuncia venda de 25 jatos para United Airlines
Presidente da AEB reclama protagonisno do comércio exterior
Exportação de suco de laranja registra alta de 29%, puxada pelos EUA
Médias empresas terão de ingressar no eSocial a partir de hoje
FMI reduz para 1,8% previsão de crescimento para o Brasil em 2018

MAIS NOTICIAS

 

Relatório final da LDO pode ser entregue hoje na Comissão de Orçamento
 
 
Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários
 
 
EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral
 
 
Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido
 
 
Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura
 
 
Toffoli cassa decisão de Moro e livra Dirceu de tornozeleira

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212