Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Trump indica Kavanaugh, juiz conservador moderado, para Suprema Corte - Jornal Brasil em Folhas
Trump indica Kavanaugh, juiz conservador moderado, para Suprema Corte


O presidente Donald Trump indicou hoje (9) o juiz Brett M. Kavanaugh, de 53 anos, para ocupar a vaga que ficará em aberto com a aposentadoria do juiz Anthony M. Kennedy na Suprema Corte dos Estados Unidos. Kavanaugh era um dos quatro nomes mais fortes para substituir Kennedy, e embora reconhecidamente conservador, ele era considerado o mais moderado das opções que Trump avaliava.

Antes da indicação, que ainda terá de ser confirmada pelo Senado, Kavanaugh atuava como juiz federal do Tribunal de Apelações do Distrito de Columbia. Ele também atuou como assessor do ex-presidente George W. Bush e investigou o presidente Bill Clinton.

Durante o anúncio, Trump disse que Kavanaugh é bastante qualificado. Não há ninguém nos Estados Unidos mais qualificado e que mereça mais do que Kavanaugh, afirmou.

Em breves palavras, Kavanaugh disse que a lei deverá ser interpretada, e não escrita. Ele também comentou que é preciso manter a mente aberta para defender a Constituição do país.

O juiz deverá unir forças ao grupo conservador da Suprema Corte, que passará a ter cinco magistrados, com sua confirmação, contra quatro liberais.

A escolha de Kavanaugh foi bastante analisada por Trump, porque vai substituir um juiz que, apesar de conservador, em algumas decisões atuou com voto de equilíbrio, de maneira moderada, como por exemplo, em decisões sobre aborto, ações afirmativas e direitos dos homossexuais.

Católico praticante, casado e pai de duas filhas, ele é bastante respeitado entre republicanos moderados, mas não era a primeira opção dos conservadores mais religiosos do Partido Republicano, que já discordaram dele em decisões sobre Obamacare e alguns casos relacionados ao aborto.

A quatro meses de eleições que podem redefinir o Congresso, sua confirmação pode custar trabalho à base republicana para convencer senadores democratas.

Analistas entrevistados pela imprensa americana avaliam que, ao escolher Kavanaugh, Trump escolheu um veterano que foi assessor na presidência de George W. Bush e que agrada aos republicanos tradicionais. Uma aposta que poderia ajudá-lo a confirmar sua escolha no Senado.

Kavanaugh é o segundo juiz nomeado por Trump para a Suprema Corte. O atual juiz da ala conservadora, Neil Gorsuch, foi indicado pelo presidente para substituir o juiz Antônio Scalia, falecido em fevereiro de 2016.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212