Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Amag é referência em reabilitação ortopédica e neurológica - Jornal Brasil em Folhas
Amag é referência em reabilitação ortopédica e neurológica


Em Aparecida, os serviços do Centro de Reabilitação Municipal são oferecidos no Amag. Todos os dias, passam por lá cerca de 280 pacientes com sequelas ortopédicas e neurológicas de média e baixa complexidade, para receber consultas e procedimentos que vão auxiliá-los em sua recuperação física e motora. O Ambulatório conta com uma equipe multiprofissional, que oferece atendimento integral a esses usuários.

A reabilitação ortopédica atende pessoas com problemas na coluna, como hérnia de disco, lombalgia e escoliose; no ombro e punho, como bursite, luxação de clavícula e artrose; e no quadril e membros inferiores, como fratura de fêmur, amputação e lesão de ligamentos. Já na área de fisioterapia neurológica, pacientes com paralisia cerebral, microcefalia, Parkinson, sequelas oriundas de Acidente Vascular Cerebral, entre outros, recebem atendimentos com diferentes especificidades.

O local também conta com atendimentos em psicopedagogia, que atende crianças com dificuldade no processo de aprendizagem e que tenham alguma comorbidade associada. O trabalho busca compreender as causas dos problemas dos pacientes, oferecendo apoio e intervenções adequadas para que haja uma melhora na vida escolar e social de cada um deles.

Segundo a diretora do Amag, Elisângela Moura, devido ao grande aumento da demanda por serviços de reabilitação, ao longo dos anos, visto que a unidade é a única a oferecer este trabalho em Aparecida, a atual gestão da Secretaria Municipal de Saúde está trabalhando para que o espaço do Ambulatório seja ampliado: “Nossa proposta é aumentar o número de atendimentos, garantindo a mesma qualidade oferecida hoje”, afirmou.

Relatos

A qualidade citada pode ser facilmente comprovada pelos corredores da Unidade ao se observar os pacientes. A moradora do bairro Colina Azul I, Adriana Macedo de Araújo, é mãe de cinco filhos. Dois deles, gêmeos, realizam tratamento no Amag há três anos. Eles foram diagnosticados com déficit de atenção, dislexia e hiperatividade e recebem acompanhamento de psicopedagoga, fonoaudióloga, psicóloga, neurologista e psiquiatra. O atendimento integral já está surtindo resultados: “Eles estão evoluindo. É um passo de cada vez, mas já estão bem mais calmos. Durante minha caminhada, enfrentei muitas dificuldades, mas no Amag fui acolhida. Todos me tratam super bem. Às vezes chego cansada, mas recebo palavras de ânimo que me motivam a nunca desistir”, relata.

A paciente Irone Santana Gamper é moradora do Jardim Bela Morada e está recebendo atendimento de fisioterapia, após ter fraturado o braço. “Já estou ótima. O atendimento aqui é maravilhoso”, afirma. A opinião dela também é compartilhada pela Nilvaci Guimarães, moradora do Garavelo, que já realizou reabilitação no braço direito e agora recebe sessões de fisioterapia no braço esquerdo. “Só vivia na Emergência tomando injeção para dor. Agora, nem remédio tomo mais. No começo não acreditava muito em Fisioterapia, mas o atendimento e o resultado foram maravilhosos. Estou muito satisfeita”, ressalta.

 

Últimas Notícias

Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Battisti ficará em isolamento por um ano em prisão na Sardenha
CNN Brasil será lançado neste ano
Toffoli nega habeas corpus preventivo para Battisti
ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212