Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Justiça nega liberdade a PMs que respondem por morte de aluna no Rio - Jornal Brasil em Folhas
Justiça nega liberdade a PMs que respondem por morte de aluna no Rio


O cabo da Polícia Militar Fabio de Barros Dias e o sargento David Gomes Centeno, acusados de matar, em março do ano passado, a estudante Maria Eduarda Alves da Conceição, de 13 anos, tiveram habeas corpus negado pelo desembargador Joaquim Domingos Neto, do Tribunal de Justiça do Rio. Eles pediam o trancamento da ação penal afirmando que não há indícios da participação deles no crime.

Maria Eduarda foi atingida por uma bala perdida quando os dois PMs trocavam tiros com traficantes perto da Escola Municipal Jornalista e Escritor Daniel Piza, em Acari, zona norte do Rio, onde a menina fazia aula de educação física na quadra do colégio. Além do tiro que atingiu Maria Eduarda, diversos outros disparos atingiram a escola, que estava em pleno funcionamento e lotada de alunos.
Execução

No mesmo processo, os dois policiais também respondem pela execução de dois traficantes de drogas junto ao muro da escola onde Maria Eduarda, estudava. O crime foi gravado por um morador do local e divulgado nas redes sociais. O cabo Fábio de Barros Dias foi denunciado pelo homicídio de Júlio César Ferreira de Jesus e o sargento David Gomes Centeno pelo assassinato de Alexandre dos Santos Albuquerque.

As vítimas estavam caídas, feridas em decorrência de confronto com os militares, quando os policiais fizeram disparos de fuzil à queima-roupa que resultaram na morte dos dois, junto ao muro da escola onde foi atingida a estudante Maria Eduarda.

De acordo com a denúncia oferecida pela 2ª Promotoria de Justiça ao 3º Tribunal do Júri da Capital, foram apreendidos perto do corpo de Júlio César, além de objetos, um fuzil AK 47 e uma pistola Glock, calibre 9 mm, ambos carregados. Ao lado do corpo de Alexandre, foi apreendida uma pistola Glock, calibre 9 mm, carregada.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212