Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Goiás quer menos desperdício de dinheiro e mais ações sociais efetivas em parceria com as igrejas, diz Ronaldo Caiado em Catalão - Jornal Brasil em Folhas
Goiás quer menos desperdício de dinheiro e mais ações sociais efetivas em parceria com as igrejas, diz Ronaldo Caiado em Catalão


O pré-candidato ao governo, senador Ronaldo Caiado (Democratas), afirmou neste sábado (14/07) em Catalão durante a 64ª Assembleia Geral Extraordinária da Convenção Estadual dos Ministros Evangélicos das Assembleias de Deus do Estado de Goiás (Conemad) que os goianos almejam um governo que não desperdice dinheiro com obras que nunca acabam, mas que faça parcerias com as igrejas, que têm todo o aparato para acolher as pessoas que necessitam de cuidados. O encontro também marcou o primeiro evento público ao lado do pré-candidato a vice-governador, o deputado estadual Linconl Tejota (Pros).

Acompanhado do senador Wilder Morais (Democratas), do prefeito de Catalão, Adib Elias (MDB), do suplente de senador Luiz Carlos do Carmo (MDB) e de pré-candidatos, Ronaldo Caiado foi recepcionado por mais de 1,9 mil pastores de 246 municípios goianos e falou sobre o sentimento generalizado de que é preciso promover mudanças em Goiás.

“A recepção que tivemos hoje mostra que aumenta a cada dia a nossa responsabilidade. Foram mais de 1,9 mil pastores de 246 municípios goianos e o sentimento de todos os que chegaram até nós era um só: é preciso mudar as práticas para ter novos resultados em Goiás. As pessoas mais carentes querem um Estado que não desperdice dinheiro público com Credeqs que nunca funcionaram, mas que faça parcerias e convênios com quem tem capacidade de dar um atendimento digno aos dependentes químicos, que são as igrejas. O sentimento de frustração com o que se tem hoje é grande. Mas, da mesma forma, é grande a esperança de mudança”, afirmou.

Membro da Assembleia de Deus, o deputado estadual Linconl Tejota também enalteceu o trabalho das igrejas na construção de uma sociedade melhor. “Onde o Estado não chega a igreja alcança. É necessário fortalecer isso, especialmente no momento em que todas as instituições estão sendo questionadas. A igreja tem papel cada vez mais de destaque”, frisou. Em seguida, pediu aos pastores orações. “Peço a oração para que o Brasil e o Estado que tanto sonhamos possa ser construído com nosso trabalho e a ajuda de vocês. Tenho certeza que dias melhores virão. Vamos perseverar, participar e nos envolver”, convidou.

O senador Wilder Morais agradeceu a oportunidade de falar a tantos líderes religiosos e destacou o trabalho desenvolvido no Congresso em prol da família. “Trabalhei muito nos meus seis anos como senador. Não tem nenhuma cidade que não ajudei. Também me empenhei muito no Senado para defender o direito da família. Os combates em Brasília são fortes e nós estamos prontos para eles”, garantiu.

O prefeito de Catalão, Adib Elias, destacou durante sua fala a proximidade que sempre buscou com os evangélicos no município. “É uma ligação de muitos anos. Nos anos 2000 a situação para o povo evangélico não era como hoje. E já naquela época instituí que a cada três meses tivesse um café da manhã na prefeitura com todas os pastores. Começamos a trazer para Catalão shows artísticos evangélicos. Acredito que a cada porta de igreja que se abre nós tiramos uma pessoa da rua”, afirmou.

O Bispo Primaz Manoel Ferreira, presidente da Conamad, também falou um pouco durante o encontro sobre sua amizade com o senador Ronaldo Caiado. Os dois já foram colegas de Parlamento e o bispo sempre foi grande incentivador político do democrata. “Ronaldo Caiado é um homem que aprendi a admirar há longos anos atrás, quando foi candidato à Presidência. Sempre atuou em defesa do campo, do trabalhador rural, do homem da roça. Aprendi a admirar pelas tiradas também. Gostava de fazer isso nos embates da política”, divertiu-se.

O bispo também contou do incentivo para que ele assumisse cadeira no Senado. “Eu sempre o incentivava para que se tornasse senador por ter uma visão de parlamentar e uma visão de República. Dizia que enriqueceria o Senado. No último pleito ele me pediu uma força e decidiu enfrentar. Deus abençoou e ele teve uma vitória expressiva para o Senado”, lembrou.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212