Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Lágrimas de Tintin e hastag #JesuisBruxelles dominam redes sociais - Jornal Brasil em Folhas
Lágrimas de Tintin e hastag #JesuisBruxelles dominam redes sociais


Lágrimas de Tintin e as hashtags #JesuisBruxelles e #PrayforBelgium refletiam a onda de solidariedade no mundo causada pelos atentados em Bruxelas, especialmente na França, quatro meses depois dos atentados de Paris.

Pouco depois de saberem do atentado, muitos internautas mostraram seu apoio às vítimas dos atentados e aos moradores da capital belga, em especial com a hashtag #JesuisBruxelles, seguindo o modelo de #JesuisCharlie, que se popularizou após o ataque em 7 de janeiro de 2015 na revista satírica francesa.

As hashtags relacionadas com Bruxelas, como #PrayforBelgium, foram as mais compartilhadas no Twitter ao fim desta manhã.

Em Bruxelas, onde os transportes públicos foram fechados, os internautas ofereceram abrigo a pessoas prejudicadas com o fechamento do metrô com as palavras #porteouverte, #openhouse, ou no flamenco, #ikwilhelpen (portas abertas). Nos atentados de Paris de 13 de novembro, graças a essa hastag, centenas de pessoas acolheram parisienses que não conseguiam voltar para casa.

Para expressar seu apoio aos belgas, muitos internautas escolheram o personagem Tintin, criado pelo desenhista Hergé e transformado em símbolo de Bruxelas e da Bélgica. Em uma das imagens mais compartilhadas nas redes sociais se vê Tintin e Milú chorando, extraída de uma tira de O Lótus Azul.

O cartunista francês Joann Sfar desenhou Tintin ao triste capitão Haddock Eu também, capitão, às vezes tenho vontade de me mudar para a lua.

O outro grande símbolo de Bruxelas, a estátua de Manneken Pis, também foi usada por internautas. O desenhista francês Nawak se inspirou na famosa estátua de bronze da criança que urina em uma bacia, para desenhá-lo urinando em cima de um terrorista.

Viva a batata frita

Ainda somos 11 milhões. Não nos pegarão. Não lhes daremos esse prazer. Viva a batata frita!, tuitou pela manhã um advogado de Bruxelas. A batata frita, um símbolo do país, também foi transformado no gesto do dedo médio contra os terroristas.

Em Paris, onde a torre Eiffel ficará iluminada na terça-feira à noite com as cores da bandeira belga, a prefeita Anne Hidalgo convocou uma manifestação silenciosa em resposta ao atentado.

Muitas personalidades reagiram rapidamente nas redes sociais. De todo coração com vocês na Bélgica, tuitou o cantor francês de origem belga Johnny Halliday. A cantora belga Maurane colocou um We love Brussels em sua foto de perfil de Facebook.

As redes telefônicas estavam saturadas no final da manhã na capital belga. Muitos moradores de Bruxelas usaram as redes sociais para tranquilizar seus familiares, como pediu o centro de crise do governo belga.

O Facebook ativou nesta terça-feira seu Safety check (controle de segurança) para os usuários presentes em Bruxelas, como fez durante os atentados em Paris.

Você está na zona afetada? indagava a rede social aos usuários identificados como bruxelenses ou que haviam indicado estar na capital.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212