Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Evento do Ministério da Cultura espera atrair 30 mil visitantes em SP - Jornal Brasil em Folhas
Evento do Ministério da Cultura espera atrair 30 mil visitantes em SP


O Ministério da Cultura lançou hoje (23) o Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MincBR), evento para alavancar e internacionalizar o setor, com expectativa de atrair 30 mil pessoas vindas de diversos países. O evento está previsto para ocorrer de 5 a 10 de novembro em várias instituições culturais da Avenida Paulista, em São Paulo.

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, disse que esta não será a única edição do MincBR, uma vez que o ministério espera que o evento “seja incorporado ao panorama da cultura e negócios culturais no nosso país”. O evento é aberto a empreendedores de audiovisual, artes cênicas, animação, jogos eletrônicos, design, moda, editoração, música, museus, artes visuais e gastronomia.

O público poderá circular pela Avenida Paulista, onde terá acesso às atividades. Alguns dos lugares previstos são a Casa das Rosas, o Serviço Social do Comércio (Sesc), o Instituto Moreira Salles, o Museu de Arte de São Paulo, a Livraria Cultura, o Japan House e a Caixa Bellas Artes. Durante a manhã de hoje (23), o ministro percorreu esse corredor cultural com representantes do Paraguai, Chile, Argentina, Colômbia, Equador, Peru e Uruguai.

A seleção de expositores será por meio de chamadas públicas, de modo a estimular a participação de empreendedores de fora do estado de São Paulo, que terão as despesas pagas pelos organizadores. Foram recebidas 260 inscrições e 180 serão selecionados. Um edital, no valor de R$ 3 milhões, foi lançado para selecionar uma organização da sociedade civil responsável por organizar o evento. O certame fica aberto por 30 dias e o resultado sai em setembro.

Internacionalização

Um dos objetivos do evento é reverter a balança comercial desfavorável para o país em cultura. Segundo Sá Leitão, embora o Brasil seja grande produtor cultural, e seus bens tenham grande aceitação no exterior, apenas 10% do audiovisual brasileiro, na balança comercial, é de exportação. “Temos que ampliar a participação dos bens brasileiros no mundo, porque isso se reverterá em PIB [Produto Interno Bruto], geração de emprego e desenvolvimento”, disse.

O evento, que terá parceira com a Agência Brasileira de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), tem previsão para, futuramente, ser sediado em outros países da América Latina. O presidente da Apex, Roberto Jaguaribe, avalia que o Brasil precisa investir melhor em eventos, cuja atuação brasileira seja forte, como alimentação e indústria cultural. Apenas durante o MincBR, são esperados 100 compradores internacionais de 30 nacionalidades.

Resultados

O Ministério da Cultura encomendou estudo à Fundação Getulio Vargas (FGV) para mensurar os resultados econômicos, que concluiu a possibilidade de R$ 39,7 milhões injetados na economia a partir do evento (R$ 28 milhões em impacto direto e R$ 11,7 milhões indiretos). O levantamento aponta que cada real investido será revertido em R$ 9,93 à sociedade.

Em tributos, o MincBR deve gerar R$ 4,6 milhões (R$ 2 milhões para o município, R$ 400 mil para o estado e R$ 2,1 milhões para os cofres federais). Devem ser criadas 850 vagas de trabalho, sendo n 460 diretas e 391 indiretas.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212