Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Abertura de propostas para leilão da Cepisa será nesta quinta-feira - Jornal Brasil em Folhas
Abertura de propostas para leilão da Cepisa será nesta quinta-feira


Terminou às 14h desta segunda-feira (23) o prazo para que os interessados no leilão de privatização da Companhia Energética do Piauí (Cepisa) apresentem suas propostas. O prazo inicial para entrega das propostas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) era das 9h até as 12h de hoje, mas o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), responsável pelo leilão, deu mais duas horas para que as empresas entregassem propostas econômicas e documentos de habilitação.

A abertura das propostas e o leilão de venda da distribuidora de energia da Eletrobras no Piauí estão marcados para a próxima quinta-feira (26).

O BNDES justificou a prorrogação com o argumento de favorecer os princípios da ampla competitividade e da obtenção da proposta mais vantajosa, em razão de atrasos de voos no Aeroporto Santos Dumont. no Rio de Janeiro.

Das seis distribuidoras da Eletrobras, a Cepisa seá a primeira privatizada. Na última quarta-feira (18), o BNDES havia confirmado o leilão da distribuidora para o dia 26, após o presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), desembargador André Fontes, ter suspendido a liminar que impedia o leilão das seis subsidiárias da Eletrobras.

Na ocasião, o banco também informou que o leilão da Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), da Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), da Boa Vista Energia (Roraima) e da Amazonas Distribuidora de Energia (Amazonas Energia) será dia 30 de agosto.

O leilão da Companhia Energética de Alagoas (Ceal) continua suspenso devido a uma decisão judicial. A decisão foi tomada pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), após ação movida pelo governo de Alagoas.

A decisão pelo adiamento do leilão das outras distribuidoras foi tomada em razão do calendário do Senado. Aprovada na Câmara dos Deputados no início de julho, a medida provisória que autoriza a privatização das distribuidoras ainda aguarda apreciação dos senadores.

Na última quinta-feira (19), o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Félix, disse que o governo trabalha para encerrar o processo de privatização das distribuidoras até o fim do próximo mês, a fim de evitar uma eventual liquidação das distribuidoras.

De acordo com Félix, a alteração no calendário visa garantir, “dentro do que for possível”, o processo de privatização, com e uma “solução sustentável”. O secretário destacou que alguns dos cenários trabalhados são desesperadores e que o que se busca é um cenário de pacificação, de resolver da melhor forma possível”.

Assembleia

A Eletrobras convocou para o dia 30 deste mês uma assembleia de acionistas que irá deliberar sobre a prorrogação, até o fim do ano, do prazo máximo para privatização das distribuidoras de energia. O prazo aprovado originalmente vence no fim deste mês.

Há ainda a possibilidade de os acionistas decidirem pela liquidação e dissolução das empresas. “A liquidação potencial, a partir de agosto, está sendo desarmada. “As demais [distribuidoras] a gente tem expectativa de que o Senado aprecie isso ao longo do mês de agosto para poder ter um leilão bem-sucedido”, disse Félix. “No caso da assembleia, o nosso entendimento é de que os acionistas vão ter os elementos para tomar a decisão mais adequada”, acrescentou Félix.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212