Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Brasil assina acordos para escritório regional do banco do Brics - Jornal Brasil em Folhas
Brasil assina acordos para escritório regional do banco do Brics


Depois de dois dias de reunião de chefes de Estado e governo em Joanesburgo, na África do Sul, a 10ª Cúpula do Brics termina com duas importantes conquistas para o setor produtivo brasileiro, na avaliação da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A primeira é um acordo para a abertura de um escritório regional do banco do Brics, o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB, na sigla em inglês), no Brasil. E a segunda é uma cooperação entre as economias do bloco na área de aviação regional.

Na avaliação da indústria, representada pela CNI, os acordos são importantes para fomentar negócios e ampliar investimentos entre os países, em infraestrutura e no setor aeronáutico. O Brics é o grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

A criação do NDB foi formalizada em 2014, durante a sexta reunião de cúpula do grupo, em Fortaleza, no Ceará. O banco do Brics foi inaugurado em julho de 2015, com sede em Xangai, com o objetivo de financiar projetos de infraestrutura de países do bloco e de outras economias em desenvolvimento.

A expectativa é que o escritório regional das Américas seja inaugurado no Brasil ainda em 2018. O acordo foi firmado pelos ministros de Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, e da Fazenda, Eduardo Guardia.

Para a CNI, o novo escritório estreitará as relações do banco dos Brics com o setor privado brasileiro. Na prática, essa aproximação contribuirá para que as empresas busquem financiamento para projetos de infraestrutura voltados ao desenvolvimento sustentável.

No caso da aviação regional, foi assinado um memorando de entendimento para fomentar o setor. A partir desse documento, que vinha sendo trabalhado há dois anos, os países podem desenvolver projetos para ampliar as oportunidades de negócios. A CNI considera que, como quatro dos cinco países do grupo são continentais, o seu mercado para voos domésticos oferece potencial para as exportações brasileiras de aeronaves, por exemplo.

Em 2019, o Brasil sediará, pela terceira vez, a reunião de cúpula dos Brics.

Edição: Valéria Aguiar

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212