Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Consumidores do interior de São Paulo têm aumento na conta de luz - Jornal Brasil em Folhas
Consumidores do interior de São Paulo têm aumento na conta de luz


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou as revisões tarifárias de cinco empresas do grupo CPFL. As novas tarifas entraram em vigor hoje (22) e valem para consumidores de municípios do interior de São Paulo.

Para a Companhia Jaguari de Energia, que atende a 38 mil unidades em Jaguariúna e Pedreira, o aumento é 17,12% para as residências e 11,42% para as indústrias.

A Luz e Força Mococa cobrará 4,72% a mais dos consumidores residenciais e 20,29% das indústrias. A distribuidora leva energia a 45 mil usuários de Mococa e de três municípios de Minas Gerais.

Os 56 mil consumidores atendidos pela Leste Paulista pagarão aumento de 14,53% na tarifa residencial e de 10,27% na tarifa industrial. As cidades atendidas são: São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Divinolândia; Casa Branca, Itobi, Tapiratiba e Caconde.

O reajuste aprovado para a Luz e Força Santa Cruz é 13,36% para as residências. Para as indústrias, a Aneel reduziu as tarifas em 4,13%. A empresa chega a 204 mil consumidores em 24 cidades do interior de São Paulo e três do Paraná.

A Sul Paulista de Energia aumentará a conta em 17,03% dos consumidores residenciais e 6,33% dos indústriais. A companhia atende a 82 mil unidades consumidoras nos municípios de Itapetininga, São Miguel Arcanjo, Guareí, Sarapuí e Alambari.

A revisão tarifária das distribuidoras ocorre a cada quatro anos e, segundo a Aneel, serve para reposicionar as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos e os investimentos para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica.

Na revisão são estabelecidos também os limites dos indicadores de interrupção de fornecimento de energia para o período de 2017 a 2020.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212