Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump anuncia interesse em promover encontro entre EUA e Irã - Jornal Brasil em Folhas
Trump anuncia interesse em promover encontro entre EUA e Irã


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje (30) que estaria disposto a se encontrar com o presidente do Irã, Hassan Rouhani, para discutir novos termos para um acordo nuclear. “Eu certamente me encontraria com o Irã se eles quisessem [...] Eu não sei se eles estão prontos ainda, eles estão tendo dificuldades agora”, afirmou durante uma entrevista coletiva na Casa Branca.

Trump retirou o país do acordo global firmado em 2015 entre o Irã e seis potências mundiais: Estados Unidos, Reino Unido, França, China, Rússia e Alemanha, fruto de uma negociação que levou quase nove anos.

O presidente acrescentou que faria uma reunião com o governo iraniano sem “condições prévias”, frisando que um encontro só dependeria da vontade do Irã. “Se eles quiserem se encontrar, eu me encontrarei”, comentou.

“Terminei o acordo com o Irã. Foi um negócio ridículo. E eu não faço isso por força ou por fraqueza. Eu acho que é uma coisa apropriada para fazer. Se pudéssemos descobrir algo significativo, não o desperdício de papel que o outro era”, destacou, mantendo a linha crítica que o fez sair do acordo.

O acordo chamado de P5+1, grupo de países que negociou com o governo iraniano, buscava garantias de que o Irã reduzisse significativamente sua atividade nuclear por temer que o país pudesse construir uma arma atômica.

Os comentários de Donald Trump amenizaram o tom que ele vinha trazendo até agora sobre o governo iraniano.

Em outras ocasiões, além de desqualificar o acordo, Trump acusava o governo iraniano de financiar o terrorismo e grupos extremistas.

Há oito dias o líder iraniano fez duras declarações contra Trump e disse que a hostilidade da atiaç política norte-americana poderia levar o mundo ao que chamou de a “mãe de todas as guerras”. Horas antes da declaração de Trump, Teerã havia descartado dialogar com Washington.

As declarações de Donald Trump sobre a abertura para um encontro e ao diálogo com o Irã foram feitas durante uma coletiva concedida por ele ao lado do primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, que visitou Washington hoje.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212