Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Maré ganha escola que homenageia vereadora Mariellle Franco - Jornal Brasil em Folhas
Maré ganha escola que homenageia vereadora Mariellle Franco


A prefeitura do Rio de Janeiro entregou hoje (1°) a Escola Municipal Vereadora Marielle Franco, no Complexo da Maré, zona norte da cidade. Com capacidade para a 720 alunos do 1º ao 6º anos, a escola homenageia a vereadora na comunidade onde ela nasceu, foi criada e criou vários projetos sociais. Marielle Franco foi assassinada a tiros, junto com o motorista Anderson Gomes, no dia 14 de março, no centro do Rio, e o crime ainda não foi esclarecido.

A unidade entregue nesta quarta-feira na Maré integra o Plano de Recuperação da Rede Municipal, que prevê a mais dez novas escolas municipais na cidade e a reforma de 220.

O prefeito Marcelo Crivella, disse que a escola dará nova perspectiva de vida para 720 crianças da Maré. Ele destacou a qualidade das instalações, as salas equipadas com ar-condicionado e a rede de wi-fi disponível para os alunos.

Crivella ressaltou também a importância da homenagem à vereadora assassinada. “Eu fico muito feliz de colocar nesta escola o nome de uma ativista política como a Merielle, que enfrentou todas as dificuldades e tombou no combate. Enquanto tivermos líderes políticos com a coragem de Marielle, o Brasil não vai morrer. O país terá perspectiva”, afirmou o prefeito. Para ele, a trajetória de Marielle é um exemplo de vida para as crianças da comunidade.
Anistia Internacional faz ato em frente ao Ministério Público Estadual pressionando pela resolução do assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes. Na foto, Antônio Francisco da Silva Neto,

Ao participar da solenidade, o pai de Marielle, Antonio Francisco, de 67 anos, destacou a importância de mais uma escola municipal na Maré.

“Isto é o que queremos: escolas, escolas e escolas. Para nossas crianças terem outras perspectivas, um futuro melhor, para amanhã estarem na mídia como notícia de assunto que não seja a violência”,afirmou.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212