Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Brasil ganha 2 medalhas de ouro na Olimpíada Internacional de Química - Jornal Brasil em Folhas
Brasil ganha 2 medalhas de ouro na Olimpíada Internacional de Química


Pela primeira vez, dois estudantes brasileiros ganharam medalha de ouro, além de um ter recebido de prata e outro de bronze, no International Chemistry Olympiad, a Olimpíada Internacional de Química, destinada aos estudantes do ensino médio, na sua 50ª edição. De 18 a 29 de julho, equipes de 76 países participaram das competições, em Bratislava (Eslováquia) e Praga (República Tcheca).

As medalhas de ouro ficaram com o paulista Vinícius Figueira Armelin e o cearense Ivan Ferreira Lima. A de prata foi para João Victor Moreira Pimentel e a de bronze ficou com Orisvaldo Salviano Neto, ambos do Ceará.

Com esses resultados, somando a pontuação geral dos quatro estudantes brasileiros, o Brasil ficou na 12ª posição entre os 76 países (em 2017 esteve na 18ª).

Em julho, Armelin recebeu o Prêmio Talentos por ter vencido a Olimpíada de Química do Estado de São Paulo e foi homenageado pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) durante o Encontro Anual da Indústria Química.

De acordo com as regras da competição, os participantes são classificados com base em suas pontuações individuais. As medalhas de ouro são concedidas a 12% dos melhores alunos, as medalhas de prata são destinadas a 22% dos estudantes e as de bronze, a 32%.

As menções honrosas são concedidas aos participantes que não ganham uma medalha, mas obtêm um problema perfeito no exame teórico ou prático. Um prêmio especial é dado ao aluno que atingir a pontuação mais alta no geral. Dois prêmios especiais separados são concedidos aos alunos que obtêm a melhor pontuação nos exames teóricos e práticos.

Nas Olimpíadas de Química, todos os competidores, aproximadamente 300, fazem dois exames: teórico (com 54 páginas) e prático (realizado individualmente em laboratório de química). A soma dos pontos nos dois exames determina a colocação de cada competidor na classificação geral.

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais
BNDES fecha o ano com desembolsos de R$ 71 bilhões

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212