Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Aug de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Polícia Civil de MT faz operação para descapitalizar facção criminosa - Jornal Brasil em Folhas
Polícia Civil de MT faz operação para descapitalizar facção criminosa


A Polícia Civil de Mato Grosso deflagrou hoje (8) a Operação Red Money, com o objetivo de apreender patrimônio e descapitalizar uma facção criminosa, cujas lideranças encontram-se presas na Penitenciária Central do Estado. De acordo com os investigadores, o grupo desenvolveu um sistema interno de arrecadação e movimentação financeira, bem como de lavagem de dinheiro, a partir de empresas de fachada, contas bancárias de terceiros e de parentes de presos.

O sistema de arrecadação financeira funciona, segundo a Polícia Civil, sob “formato de pirâmide”, tendo em seu topo o núcleo de liderança e, na base, dezenas de contas bancárias com movimentação menor, que fazem a captação de dinheiro e, gradativamente, repassam às contas maiores.

Para cumprir mais de 230 ordens judiciais – entre elas 94 mandados de prisão - contra os membros da facção foram mobilizados 520 policiais, sendo 98 delegados, 350 investigadores e 102 escrivães. Estão sendo procurados 51 suspeitos na região metropolitana e 11 no interior do estado (Rondonópolis, Sinop, Nova Olímpia, Sorriso, Peixoto de Azevedo, Guarantã do Norte e Poconé).

Segundo os investigadores, outros alvos terão os mandados cumpridos fora de Mato Grosso - no Pará. Um deles cumpre pena no Presídio de Tucuruí. O outro estaria na cidade de Jacundá. Há ainda um suspeito sendo procurado em Campo Grande (MS).

Iniciada há 15 meses, a operação descobriu três fontes principais de recursos - a primeira, uma mensalidade paga pelos integrantes do grupo; a segunda, por meio do cadastramento e de mensalidades pagas por traficantes ou pontos de venda de droga; e a terceira, por meio da ccobrança de “taxa de segurança” de estabelecimentos comerciais, o que, segundo a Polícia Civil, configura crime de extorsão.

Edição: Graça Adjuto

 

Últimas Notícias

PF deflagra ação contra tráfico de pessoas e trabalho escravo em SP
MME quer facilitar a importação de energia da Argentina e do Uruguai
Aumento de benefícios a produtor rural pode ser vetado, diz secretário
Justiça afasta presidente da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro
Amoêdo defende 65 anos para aposentadoria e novas regras para o mínimo
Gabaritos do Encceja já estão disponíveis no site do Inep
Começou hoje a 46ª edição do Festival de Cinema de Gramado
Ministro do STJ nega liminar para suspender condenação de Garotinho

MAIS NOTICIAS

 

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep
 
 
Após explosão em Ipatinga, sindicato quer mais segurança
 
 
Jungmann: PF está à disposição para investigar caso Marielle
 
 
Decreto sobre relicitação de concessões deve sair nos próximos dias
 
 
Luiz Fux preside última sessão como ministro do TSE
 
 
Com registro de Amoêdo, já são seis candidatos oficializados no TSE

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212