Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Anatel vai abrir consulta pública para uso do espectro 2,3 GHz para 5G - Jornal Brasil em Folhas
Anatel vai abrir consulta pública para uso do espectro 2,3 GHz para 5G


O conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu hoje (9) lançar consulta pública para destinar as faixas de 2,5 MHz a 2,4 MHz para o desenvolvimento da tecnologia 5G. O período da consulta é de 30 dias.

Em 2016, a Anatel já havia realocado as faixas para o Serviço Móvel Pessoal (SMP) e para os serviços de banda larga fixa (SCM). De acordo com o presidente da agência, Juarez Quadros, a decisão desta quinta-feira diz respeito à destinação que as faixas poderão ter.

Enquanto a tecnologia 4G oferece em média, aproximadamente 45 Mbps (megabits por segundo) de transferência de dados para download. A expectativa é de que a tecnologia 5G possa atingir velocidade de navegação e download cerca de 10 a 20 vezes mais rápida.

Quadros disse ainda que há a possibilidade de as faixas também entrarem, ao lado da faixa de 3,5 MHz, no leilão para o 5G que, a Anatel pretende fazer em 2019, se a regulamentação for concluída a tempo. “É possível que essas faixas entrem na licitação, disse Quadros.

No final de julho, o conselheiro Leonardo de Morais disse que os testes em laboratório para o uso da faixa de 3,5 GHz, em aplicações de 5G devem ser concluídos até o final de agosto. A intenção da Anatel é que o leilão do 5G seja realizado no segundo semestre do próximo ano.
Política de Dados Abertos

A Anatel decidiu ainda abrir consulta pública por 10 dias sobre a Política de Dados Abertos da agência reguladora. A medida atende ao que determina o Decreto 8777/16 do Poder Executivo que define como os órgãos da Administração Pública devem proceder para disponibilizar as informações públicas e ceder acesso aos cidadãos através de documentos que usem padrões abertos, regulamentando a Lei de Acesso à Informação, de 2011.

A política visa a dar mais transparência aos atos da administração pública e dar acesso aos cidadãos aos dados produzidos ou acumulados pelo Poder Executivo federal, sobre os quais não recaia vedação expressa de acesso.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212