Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Brasil comemora aprovação de Bachelet para as Nações Unidas - Jornal Brasil em Folhas
Brasil comemora aprovação de Bachelet para as Nações Unidas


O governo do Brasil comemorou hoje (10) a aprovação da ex-presidente do Chile Michelle Bachelet como Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos. O nome dela foi aprovado por aclamação pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Ela assume o cargo no dia 1º de setembro.

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores destacou a capacidade da ex-presidente chilena, sua história de defesa dos direitos humanos e colocou-se à disposição para contribuir.

“O governo brasileiro confia na capacidade de Michelle Bachelet de lidar com os desafios que se apresentam ao sistema internacional de direitos humanos e oferece seu apoio para que cumpra, com êxito, seu mandato como Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos”, diz a nota do Itamaraty.

Michelle Bachelet foi duas vezes presidente do Chile, marcando sua gestão pelas causas sociais e defesa dos direitos humanos. Tem uma história ligada à luta pela democracia, uma vez que seu pai foi vítima da ditadura de Augusto Pinochet.

Após deixar o governo, a chilena foi a primeira diretora-executiva da ONU Mulheres e atualmente lidera uma aliança internacional para a saúde das mães, os recém-nascidos e as crianças. Pediatra, Michelle Bachelet tem preocupações com saúde pública.

Nas últimas semanas, seu nome era especulado como possível substituição de Zeid, um cargo para o qual tinha postulado publicamente o suíço Nils Melzer, atualmente relator especial da ONU sobre a tortura.

A nota do Itamaraty lembra a trajetória internacional de Bachelet nas Nações Unidas. “Foi a primeira diretora-executiva da ONU Mulheres, organização na qual se empenhou para fazer avançar o tema da igualdade de gênero. Ocupou por dois mandatos a presidência do Chile. Valendo-se de sua formação como pediatra, lidera, também, uma aliança internacional para a saúde materna e infantil.”

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212