Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ministro critica desrespeito de países às regras do comércio mundial - Jornal Brasil em Folhas
Ministro critica desrespeito de países às regras do comércio mundial


Uma plataforma digital voltada para reunir informações e estatísticas sobre importações, exportações e balança comercial brasileira foi apresentada hoje (15) no Rio de Janeiro pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima. O lançamento da ferramenta, intitulada Comex Stat, ocorreu na abertura do Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex).

Na abertura do evento, Marcos Jorge criticou o protecionismo praticado por diversos países e avaliou que as disputas comerciais entre Estados Unidos e China podem ser nefastas.

“O uso reiterado de medidas unilaterais e a desconsideração de regras internacionais que foram construídas nos últimos 70 anos geram insegurança e poderão levar à diminuição de emprego e renda em economias como o Brasil”, afirmou.

Para o ministro, é preciso retomar o respeito às regras de comércio. “Não há outro caminho a não ser fortalecer as bases para que o comércio internacional ocorra de forma leal e previsível e continue sendo o eixo central do crescimento econômico mundial. É importante garantirmos o bom funcionamento do sistema multilateral”, argumentou.

O ministro disse ainda que o crescimento das importações brasileiras indicam uma retomada da economia no país. Segundo ele, a corrente de comércio do Brasil com o mundo aumentou quase 13% nos primeiros sete meses de 2018.

Ao deixar o evento, Marcos Jorge conversou com jornalistas e informou que Montevidéu provavelmente sediará, em setembro, uma nova rodada de negociações envolvendo a elaboração do acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia.
Comex Stat

De acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o novo sistema é mais moderno e acessível para as consultas online, dispensando necessidade de efetuar cadastro e usar login e senha.

“Estamos preocupados em apresentar bem as nossas estatísticas, que são um dos nossos produtos mais valiosos. Queremos fornecer informação de qualidade”, disse o ministro Marcos Jorge. Segundo ele, o Comex Stat substitui o Alice Web, que era usado até então para a divulgação dos dados estatísticos.

“Queremos que qualquer usuário possa consultar, mas acima de tudo, entender os dados. Com a mudança, esperamos que o número de acessos cresça e alcance entre 50 mil e 60 mil usuários mensais”, estima Marcos Jorge. O sistema disponibiliza estatísticas produzidas desde 1997 e pode ser acessado tanto por meio de computadores e notebooks quanto por dispositivos móveis, como tablets e celulares.

A atualização das informações ocorre mensalmente, até o décimo dia útil, quando são incluídos os dados consolidados do mês anterior. Os relatórios estatísticos podem ser gerados pelos usuários em três idiomas: português, inglês e espanhol.

O ministro também destacou o desenvolvimento do Portal Único de Comércio Exterior, que já oferece algumas funcionalidades e estará em pleno funcionamento em 2019. De acordo com Marcos Jorge, ele simplificará todos os procedimentos para importar e exportar, centralizando a interação entre o governo e os operadores comerciais.

A expectativa é que o portal contribua para deixar o comércio exterior mais eficiente e mais barato, reduzindo em até 40% o tempo médios das operações.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212