Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Inflação pelo IGP-10 desacelera e fecha em 0,51% em agosto - Jornal Brasil em Folhas
Inflação pelo IGP-10 desacelera e fecha em 0,51% em agosto


A inflação - medida pelo Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) - desacelerou em agosto, fechando em 0,51%, resultado 0,42 ponto percentual menor que a alta de 0,93% de julho.

Com o resultado, o índice acumula alta de 6,61% nos primeiros oito meses do ano, enquanto a taxa acumulada nos últimos doze meses é de 8,78%.

Os dados foram divulgados hoje (15), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre FGV).

Em agosto do ano passado, o IGP-10 havia fechado com deflação (inflação negativa) de 0,17%.

Segundo a FGV, a queda do indicador reflete desaceleração de preços nos três componentes que formam o IGP-10.
IPA-10

Com peso de 60% na formação da taxa, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) encerrou agosto com alta de 0,64%, queda de 0,35 ponto percentual em relação ao resultado de julho: 0,99%.

Os números refletem desaceleração de preços dos Bens Finais e dos Bens Intermediários porque o grupo Matérias-Primas Brutas fechou em alta.

No caso dos preços dos Bens Finais houve uma queda média de 0,43% em agosto, após alta de 1,13% em julho.

A principal contribuição para este resultado partiu do subgrupo alimentos processados, cuja taxa passou de 4,83% para -0,36%.

O índice relativo a Bens Finais, que exclui os subgrupos alimentos in natura e combustíveis para o consumo, teve alta de 0,17% em agosto. Em julho, a taxa havia subido 1,93%.

A taxa do grupo Bens Intermediários caiu 0,99 ponto percentual, passando de 1,99% em julho para 1,0% em agosto. A principal contribuição para este movimento partiu do subgrupo materiais e componentes para a manufatura. Houve queda de 2,58% para 0,60%.

Único dos três componentes do IPA a fechar com alta, o índice do grupo Matérias-Primas Brutas subiu 1,51% em agosto, após queda de 0,42% em julho.
IPC-10

Com peso de 30% na composição do IGP-10, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,14% em agosto, resultado 0,64 ponto percentual menor que o de julho: 0,78%.

Todas as classes de despesa componentes do índice registraram recuo em suas taxas de variação, com destaque para o grupo Alimentação, que saiu de uma alta de 0,51% para uma deflação de 0,37% entre julho e agosto.

Também apresentaram decréscimo significativos em suas taxas de variação os grupos Habitação (1,63% para 0,82%), Transportes (0,78% para 0,09%), Educação, Leitura e Recreação (0,86% para -0,12%) e Comunicação (0,40% para 0,07%).
INCC-10

Com menor peso na composição do IGP-10 (apenas 10%), o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,46% em agosto, depois de ter encerrado julho com alta de 0,92%.

O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços teve variação de 0,82% ante 1,0% de julho.

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212