Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Corpo de Otavio Frias Filho é cremado em São Paulo - Jornal Brasil em Folhas
Corpo de Otavio Frias Filho é cremado em São Paulo


O corpo do jornalista Otavio Frias Filho, diretor de Redação do jornal Folha de S. Paulo, foi cremado no início da tarde de hoje (21) em cerimônia realizada no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra. Aos 61 anos, Otávio Frias Filho foi vítima de um câncer originado no pâncreas.

O jornalista, dramaturgo e ensaísta dirigiu a Folha de S. Paulo durante 34 anos, e foi responsável pela criação do Manual de Redação, pela criação do primeiro cargo de ombudsman em um jornal na América Latina e da seção Erramos para reunir as correções do jornal.

O velório teve a presença de autoridades, intelectuais, jornalistas e representantes de diversas entidades, ressaltando seu papel para consolidar a Folha de S. Paulo como líder em circulação e audiência.

Homenagens

O editor-executivo da Folha de S. Paulo, Sérgio Dávila, ressaltou o papel do diretor para contemplar os diversos lados de um mesmo fato. “Seu legado continua na Folha e por todas as gerações de jornalistas formadas por ela. Perdemos um iluminista, que brigava para trazer o aspecto mais plural das ideias, obsessivo com o contraditório”, afirmou Dávila.

O jornalista Clóvis Rossi, colunista da Folha de S. Paulo, destacou as marcas de jornalismo crítico, independente e apartidário deixados por Otavio Frias Filho como diretor da Folha de S. Paulo. “Suas marcas impedem que o jornal te peça para escrever para quem gosta ou não gosta”.

O diretor de jornalismo da TV Bandeirantes, Fernando Mitre, lembrou do papel de Otavio Frias Filho na cobertura da Diretas Já. “Ele comandou a cobertura no episódio das Diretas Já, sempre lutando por um jornalismo de qualidade e independente.”

O presidente da Record TV, Luiz Cláudio Costa, destacou o legado de ética e liberdade de imprensa deixado pelo diretor da Folha de S. Paulo. “Não se limitou somente ao jornalismo, mas foi importante para várias gerações.”

O presidente da Rede TV, Amilcare Dallevo Júnior, lamentou a perda do jornalista, destacando seu papel pela liberdade de expressão e a pluralidade da informação.

Otavio Frias Filho deixa a esposa, a jornalista Fernanda Diamant, duas filhas e três irmãos.

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212