Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 ANP interdita refinaria de Paulínia para evitar novos acidentes - Jornal Brasil em Folhas
ANP interdita refinaria de Paulínia para evitar novos acidentes


A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) interditou a Refinaria de Paulínia (Replan), em São Paulo, após acidente ocorrido na última segunda-feira (20). A decisão foi comunicada ontem (24) à Petrobras, após a empresa indicar a retomada da operação nas unidades que não foram afetadas pelo acidente.

De acordo com a ANP, a medida cautelar tem a finalidade de garantir a segurança operacional das instalações e evitar novos acidentes. Para o retorno, a Petrobras deverá encaminhar à ANP documentos e informações que comprovem condições de segurança adequadas, e aguardar comunicado de desinterdição das instalações.

A interdição não inclui as operações de tancagem e utilidades, desde que não afetadas pelo acidente. No dia seguinte ao incêndio (21) a empresa já retomou a entrega de produtos em estoque às distribuidoras e conta com a produção das demais refinarias para garantir a oferta de combustíveis aos seus clientes.
Petrobras

Em nota, a Petrobras informou que já vinha tomando as medidas solicitadas pela ANP e que, por isso, mantém a perspectiva de reiniciar as operações nos próximos dias, de forma segura. “A companhia está providenciando os documentos para comprovar o isolamento das áreas atingidas pelo fogo no dia 20/8 e, assim, liberar as unidades que não foram afetadas”, diz a nota.

Acidente

O acidente ocorrido na madrugada do último dia 20 na Replan afetou três unidades, que fazem parte do processo de refino de petróleo: U-683 (Unidade de Tratamento de Água Ácida), U-220A (Unidade de Craqueamento Catalítico) e U-200 (Unidade de Destilação Atmosférica).

O acidente teve início com a explosão de um tanque na U-683. O incêndio se espalhou pelas outras duas unidades e em parte da tubovia principal. Não houve feridos durante acidente e o fogo foi extinto ainda na madrugada.

A ANP informou ainda que já deu início ao processo administrativo de investigação de acidente. A Petrobras também já criou uma comissão interna para investigar as possíveis causas do acidente.

A capacidade total da Replan é de 415 mil barris por dia e responde por quase 20% da produção da estatal. Em nota, a Petrobras informou que “não estima impactos financeiros relevantes, mesmo com os remanejamentos da produção de outras refinarias, reforma das unidades atingidas e eventual importação de derivados, se necessária”.

*Texo ampliado às 10h15 para incluir posicionamento da Petrobras

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida
Bolsonaro reitera que decisão sobre médicos cubanos é humanitária

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212