Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Interiorização de venezuelanos é urgente e necessária, diz Rosa Weber - Jornal Brasil em Folhas
Interiorização de venezuelanos é urgente e necessária, diz Rosa Weber


A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber disse hoje (24) que a aceleração do processo de interiorização para outros estados dos imigrantes venezuelanos que estão em Roraima é “urgente e necessária”. A afirmação da ministra está em uma decisão proferida no processo em que o estado busca novamente o fechamento da fronteira com o país vizinho. O mesmo pedido já foi rejeitado, mas o governo local insiste na medida.

Na quarta-feira (22), o governo federal informou que até o fim do mês que vem, a meta é retirar voluntariamente 1.000 venezuelanos de Roraima, que se somarão aos 830 cujo processo de interiorização já foi concluído.

No despacho, Rosa Weber pediu que a Advocacia-Geral da União (AGU) envie, em 15 dias, documentos com informações sobre o processo de interiorização dos venezuelanos.

A ministra pediu dados sobre o número de imigrantes que foram levados para outros estados, documentos que comprovem a articulação com os estados e municípios, lista de estados consultados e a perspectiva de abertura de novas vagas para a ampliação do processo que está sendo realizado.

Segundo Rosa Weber, há informações preliminares que mostram os esforços feitos pelo governo federal no caso, mas os dados são ínfimos dado o noticiado constante fluxo de entrada de novos migrantes no território roraimense.

“A absoluta incerteza sobre a duração deste triste êxodo humano e o impacto diário deste fenômeno no custo dos serviços públicos dos entes federativos mais próximos desta porta de entrada brasileira – no presente caso os municípios fronteiriços e o estado de Roraima – conduzem à urgente e necessária aceleração do processo de interiorização, como válvula de descompressão da questão litigiosa”, afirmou.

Ontem (23), após visitar os centros de recepção e triagem de imigrantes na fronteira entre Brasil e Venezuela, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse que não há omissão no caso dos venezuelanos em Roraima.

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais
BNDES fecha o ano com desembolsos de R$ 71 bilhões

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212