Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Petrobras importa diesel para compensar parada da Replan - Jornal Brasil em Folhas
Petrobras importa diesel para compensar parada da Replan


A Petrobras iniciou a importação de querosene de aviação e óleo diesel para compensar a redução da oferta em consequência do incêndio ocorrido no último dia 20 que levou à paralisação da Refinaria de Paulínia (Replan), uma das maiores do país.

Segundo o gerente-executivo de Logística da estatal, Caludio Mastella, em um curto espaço de tempo a empresa deverá importar cinco cargas de óleo diesel, totalizando 1,5 milhão de barris, e uma de querosene de aviação para recompor estoques.

O aumento da importação de diesel, no entanto, não vai implicar em aumento no preço do produto no mercado interno, uma vez que o diesel está congelado em decorrência do acordo assinado entre o governo e os caminhoneiros e que levou ao fim da paralisação da categoria.

Mastella disse que a Replan deverá voltar a operar ainda esta semana, mas admitiu que a estatal, dependendo das necessidades internas, poderá importar uma quantidade maior dos dois derivados.

A situação do abastecimento interno é delicado neste momento, principalmente porque a Petrobras teve que aumentar as importações para atender ao mercado, em decorrência de as empresas da iniciativa privada decidirem reduzir a importação de diesel, alegando prejuízos com a operação desde que o governo negociou o congelamento e passou a subsidiar a venda do produto no mercado interno, pondo fim à greve dos caminhoneiros.

A Petrobras reafirmou, em nota, que “não estima impactos financeiros relevantes, mesmo com os remanejamentos da produção de outras refinarias, reforma das unidades atingidas e eventual importação de derivados, se necessária”.

“A Petrobras conta com estoques da própria refinaria [Replan], e com a produção das demais, para garantir a oferta de combustíveis aos seus clientes, reafirmou a estatal.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212