Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Resultados da intervenção no Rio são extraordinários, avalia Temer - Jornal Brasil em Folhas
Resultados da intervenção no Rio são extraordinários, avalia Temer


O presidente Michel Temer, disse hoje (30) que os índices de combate à criminalidade da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro são extraordinários e que está satisfeitíssimo de ter decretado a medida. O presidente chegou por volta de 11h ao Palácio Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e participou de uma reunião no Comando Militar do Leste, em que foi apresentado um balanço dos seis meses de intervenção federal no Rio de Janeiro.

Temer disse que os primeiros meses da intervenção foram de estruturação, e que os resultados começaram a surgir nos meses seguintes. Nesses três a quatro meses, os índices de combate à criminalidade são extraordinários. E eu sei que, de vez em quando, se diz que o apoio à intervenção federal caiu de 74 para 66 [por cento], e eu mesmo me indago: qual é o setor da atividade pública que tem 66% de aprovação da população? Quando ultrapassa a margem de 50%, é extremamente favorável.

O presidente destacou que a intervenção é federal, e não militar, e afirmou que a integração das Forças Armadas com órgãos estaduais de segurança pública tem sido extraordinária.

Nós, na área federal, estamos satisfeitíssimos com o fato de termos decretado essa intervenção parcial. E ressaltei que muitas e muitas vezes o exemplo do Rio de Janeiro tem sido invocado por outros governos, que também vão à minha sala pedir uma intervenção federal nessa área.

O governador Luiz Fernando Pezão e o grefeito Marcelo Crivella também acompanharam o balanço, que foi exposto pelo interventor Walter Braga Netto.O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, o da Justiça, Torquato Jardim, o da Defesa, Joaquim Silva e Luna, e o ministro-chefe do gabinete de segurança institucional, Sérgio Etchegoyen participaram da reunião.

A cúpula da segurança pública do Rio de Janeiro também estava presente com a chefia de Polícia Civil, o comando da Polícia Militar e o secretário estadual de segurança, general Richard Nunes.

O gabinete de intervenção informou que, desde fevereiro, 35 pessoas morreram em confrontos wm operações que tiveram a participação das Forças Armadas, sendo três militares do Exército. A apreensão de armas chegou a 152 unidades, sendo 86 pistolas, 37 granadas e 29 fuzis.

No período, foram detidas 518 pessoas, sendo 56 menores apreendidos. Quase 92 mil militares participaram das operações.

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212