Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 ANS faz evento no Rio para debater regras de planos de saúde coletivos - Jornal Brasil em Folhas
ANS faz evento no Rio para debater regras de planos de saúde coletivos


A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) reuniu hoje (30), no centro do Rio de Janeiro, cerca de 100 representantes de empresas contratantes e de grupos empresariais para debater os planos de saúde coletivos no encontro Ouvindo os contratantes: como os grandes consumidores de planos de saúde podem participar das decisões regulatórias?.

A intenção da ANS era esclarecer regras referentes aos planos empresariais e por adesão, receber as demandas e questionamentos dos contratantes, além de dúvidas ou sugestões sobre o tema.

Ao longo do dia, diretores e técnicos do órgão regulador deram explicações e instruções em cinco painéis que trataram da contratação dos planos de saúde, reajuste aplicado aos planos coletivos, estímulo à qualidade na assistência ao beneficiário, contenção da sinistralidade no setor e fiscalização dos planos de saúde.

Para a ANS, o engajamento dos contratantes é fundamental. O órgão regulador sugeriu que eles deixem de ter apenas um papel de intermediação e se tornem cada vez mais gestores da relação com os planos de saúde, uma vez que tem aumentado o peso do plano de saúde na folha de pagamento das empresas. Segundo dados da ANP, dois terços dos beneficiários estão em planos coletivos empresariais.

Ainda no encontro, a ANS apresentou as suas cartilhas de orientação aos beneficiários em relação a temas como a manutenção de plano por aposentados e demitidos, as regras de cancelamento, os prazos máximos de atendimento e a contratação por empresário individual, incluindo as etapas de entrada, permanência e saída do beneficiário. Nesse aspecto, os contratantes puderam esclarecer ainda suas dúvidas sobre a contratação e a rescisão do contrato da empresa junto à operadora.

Sobre o reajuste de planos coletivos, os participantes foram informados sobre a precificação, que é a relação entre preço e risco. Foram abordados também os mecanismos financeiros de regulação da coparticipação e da franquia e a norma sobre junta médica ou odontológica.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212