Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Medalhas comemorativas dos 200 anos do Museu Nacional estão esgotando - Jornal Brasil em Folhas
Medalhas comemorativas dos 200 anos do Museu Nacional estão esgotando


Ao completar 200 anos no dia 6 de junho último, a Casa da Moeda lançou três tipos de medalhas em comemoração ao bicentenário do Museu Nacional, instalado no bairro imperial de São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista. Foram cunhadas 550 unidades, com 50 milímetros de diâmetro, sendo 50 unidades na versão prata dourada, 100 em prata e 400 em bronze.

As medalhas comemorativas estão disponíveis para compra no site da Casa da Moeda e no Centro Cultural da Casa da Moeda, no centro do Rio. Havia um ponto na loja física do museu. A versão prata dourada estava sendo vendida, pelo valor mais caro, a R$ 850, e já esgotou. A de prata, ao valor de R$ 530, e ainda restam 13 para serem vendidas pelo site. E as moedas cunhadas em bronze, anunciadas ao preço de R$ 135 no site, restam 43 exemplares.

A arte é de autoria de Dalila Santos, professora da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “Para o anverso, me inspirei no bosque que cerca o museu, um conjunto de caminhos que se apresentam como galhos de uma árvore bem frondosa. No reverso, priorizei as coleções do museu, destacando peças extremamente significativas como o Maxakalisaurus topai, as múmias, a preguiça-gigante e Luzia”, disse.

No anverso, a medalha tem a vista do prédio do Museu Nacional, capturada a partir de um drone, rodeado por uma área arborizada. Nas laterais esquerda e direita há um recorte com molduras observadas nas pinturas de teto do Salão do Segundo Reinado. Na parte superior, pode ser visualizada a inscrição Museu Nacional ladeada pelas eras 1818–2018. Na orla inferior, está a inscrição com o nome da instituição da qual o museu faz parte: a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

No reverso da moeda, a representação dos veios de uma árvore e peças significativas das coleções que integram o acervo. Ao centro, está a logo comemorativa dos 200 anos da instituição.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212