Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Comitê discute como garantir doações para reconstruir Museu Nacional - Jornal Brasil em Folhas
Comitê discute como garantir doações para reconstruir Museu Nacional


O comitê gestor que coordena o processo de reconstrução do Museu Nacional está debruçado na confecção do texto da medida provisória que criará a Lei dos Fundos Patrimoniais, destinada a receber recursos para a reconstrução do museu. O assunto foi discutido em uma reunião na Casa Civil.

“Está todo mundo correndo contra o tempo. O governo está trabalhando na Casa Civil, com a área jurídica, para que esse texto seja liberado”, informou o diretor de Relações Institucionais da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Márcio Fortes.

Márcio Fortes adiantou que a ideia é “aproveitar o momento” e propor uma medida provisória mais ampla, que abra a possibilidade de fundos patrimoniais em várias áreas como, por exemplo, na educação, cultura e meio ambiente. “[É hora de] Aproveitar o momento para ter uma coisa muito mais ampla. A contribuição do setor privado é importante porque todos querem colaborar. E temos que ver como ficará a Lei Rouanet nesse encaminhamento de recursos para o fundo patrimonial”, disse Márcio Fortes.

O representante da Firjan disse que outra preocupação do comitê gestor é de como será a gestão de museus no país. Nesse sentido, ele adiantou que está em discussão se museu é só a estrutura física museu ou se pode abrigar também cursos de pós-graduação, como é o caso do Museu Nacional do Rio de Janeiro.

“O importante é ter uma gestão que traga resultado com preservações dos acervos, atendimento ao público e cursos de faculdades na área de pós-graduação”, defendeu Márcio Fortes.

Ao deixar a reunião no Palácio do Planalto, a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, defendeu mais agilidade para começar a reconstrução do museu. Segundo ela, o calendário é de urgência. “Tem que se declarar imediatamente estado de emergência para poder fazer a dispensa de licitação para contratação do canteiro de obras assim que a perícia sair do local”.

Kátia elogiou a atuação do governo após o incêndio, ao dar uma resposta muito rápida à situação e de não estar preocupado em resolver uma questão pontual.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212