Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Parlamento Europeu decide hoje sobre punição à Hungria por violações - Jornal Brasil em Folhas
Parlamento Europeu decide hoje sobre punição à Hungria por violações


O Parlamento Europeu deve votar hoje (12) um relatório que recomenda procedimentos de sanções à Hungria. O governo húngaro é acusado de violar direitos preservados pela União Europeia, como a independência do Judiciário, o combate à corrupção e a qualidade de vida de imigrantes, incluindo ciganos e judeus.

A aprovação da moção depende do apoio de dois terços do parlamento. Se a medida for aprovada, a Hungria pode até ser colocada sob monitoramento de Bruxelas e perder seu direito a voto no bloco.

O governo conservador de direita da Hungria é apontado como responsável por disseminar ações de discriminação contra imigrantes, promover reformas políticas inadequadas e está sob suspeição de corrupção.

Relatório

O relatório crítico foi elaborado pela deputada holandesa Judith Sargentini e cita violações ao artigo 7º das normas que regem a União Europeia.

O texto menciona fatos e tendências que representam uma ameaça sistêmica à democracia, ao estado de direito e aos direitos fundamentais na Hungria.

A parlamentar listou 12 áreas problemáticas na Hungria. Nelas, estão violações, como a preservação da independência do Judiciário, liberdade de expressão, dos direitos dos imigrantes e refugiados, a corrupção e das minorias.

O relatório menciona ainda transgressões que atingem a dignidade humana, liberdade, democracia, igualdade, estado de direito e o respeito pelos direitos humanos.
Outro lado

O primeiro-ministro húngaro Viktor Orban disse que medidas disciplinares em potencial contra seu país são uma decisão moral, o que equivale a abuso de poder e que não vai aceitar as críticas.

Se aprovado o relatório pela Comissão Europeia, a Hungria pode perder o direito a voto no bloco por subestimar a democracia e os valores centrais.

*Com informações da Deute Welle, agência pública de notícias da Alemanha

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212