Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Zé Eliton: Para governar, é preciso diálogo, experiência."Discursos inflamados nunca resolveram nada" - Jornal Brasil em Folhas
Zé Eliton: Para governar, é preciso diálogo, experiência."Discursos inflamados nunca resolveram nada"


Candidato à reeleição, o governador Zé Eliton comandou carreatas em Goianésia e Jaraguá, neste domingo (23). Acompanhado de Marconi Perillo e Lúcia Vânia, candidatos ao Senado pela coligação Goiás Avança Mais (PSDB, PSB, PTB, PSD, PPS, PR, SD, PV, Patriota, Rede e Avante), ele interrompeu a carreata e desceu em várias oportunidades para interagir com as pessoas, para tirar fotos e ouvir opiniões.

O governador afirmou que fazer política "é saber ouvir, é ter disposição para dialogar". Muitos políticos presunçosos, frisou, pecam por achar que sabem quais demandas a população elege como prioritárias. "Discursos inflamados nunca resolveram nada. Para governar, é preciso diálogo, experiência", sentenciou.

Em Goianésia, a carreata mostrou força ao reunir prefeitos, vereadores, candidatos e populares da Coligação Goiás Avança Mais. “Eu quero ser reeleito governador desse Estado para melhorar a vida dos goianos e seguir avançando, disse Zé Eliton.

O dia de carreatas começou em Jaraguá e seguiu para Goianésia, onde engrossou a fileira de carros e motos que coloriu as ruas da cidade com as bandeiras do Novo Tempo Novo e, por onde passou, movimentou bem a cidade e deixou muito boa impressão.

"Todas as cidades de Goiás têm a nossa marca, a marca da convergência, do governo que dialoga, que olha para as pessoas, que se preocupa com o bem-estar de cada uma das cidades, um governo municipalista e que não tenho dúvida será bem avaliado pela população goiana no próximo dia 7 de outubro", afirmou o governador. Para ele, essa movimentação da coligação Goiás Avança Mais está contagiando todo o Estado. Participaram também o deputado estadual e ex-prefeito Helio de Sousa e o também ex-prefeito Jalles Fontoura.

"Eu estou convencida de que nem sempre as pesquisas não estão afinadas para refletir a vontade do eleitor. Está claro, eu vejo nas ruas, na conversa com o jovem estudante, com o trabalhador, com as famílias, de que o povo quer Zé Eliton 45 de novo", testemunhou a candidata a vice-governadora, professora Raquel Teixeira.

O governador afirmou que, assim como Marconi, é movido por um espírito municipalista. "Indiferente ao fato do prefeito ser de um partido de oposição, o MDB, destinamos R$ 2 milhões do Goiás na Frente para o município, dinheiro suficiente para a pavimentação e recapeamento de 25 bairros", lembrou.

Eliton enumerou outras obras que beneficiaram o município e também a região. "O trecho da GO-080, de Jaraguá a Goianésia (53 quilômetros), foi reconstruído, e custou R$ 13,6 milhões ao Tesouro Estadual. Em março deste ano foi inaugurado o Credeq e a Unidade de Saúde Especializada (USE), a ponte sobre o Rio dos Peixes, a construção da GO-338 (Goianésia/Juscelândia), a instalação de uma agência do Vapt Vupt, entregues cartões do Bolsa Futuro (1,5 mil), 583 cartões do Renda Cidadã e quase 1 mil Cheques Mais Moradia, além da inauguração do Restaurante Cidadão, entre outros benefícios", explanou Zé Eliton.

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE